AUDIOVISUAL

Brasil se destaca nas maiores plataformas de streaming internacionais

Com estreias importantes de produções nacionais, Brasil ganha notoriedade nas plataformas de streaming com gêneros que vão da comédia ao drama, além de novas temporadas de reality show

Pedro Ibarra*
Isabela Berrogain*
postado em 06/10/2021 06:00
Cena da série 'Desjuntados', que estreou no dia 1º de outubro: escala internacional -  (crédito: Amazon Prime Video/Divulgação)
Cena da série 'Desjuntados', que estreou no dia 1º de outubro: escala internacional - (crédito: Amazon Prime Video/Divulgação)

Os streamings são atualmente uma das principais formas de entretenimento das pessoas no tempo livre. As séries e filmes disponíveis de forma simples no celular, computador, ou nas smart tvs correspondem a boa parte do tempo de lazer, em especial durante a pandemia. Por serem um fenômeno mundial, os streamings investem em vários mercados ao mesmo tempo. E o Brasil tem se destacado com lançamentos populares e aclamados, com grandes atores e profissionais estão produzindo para essas plataformas. O fato trouxe a possibilidade do cinema e das séries brasileiras estarem em evidência numa escala global.

“Nós como brasileiros em geral temos que estar orgulhosos de toda produção brasileira atual”, afirma a roteirista Danielle Valente, que também desenvolve carreira como atriz. Ela estreia a série Desjuntados, que criou ao lado de Mina Nercessian, na Amazon Prime Video. “Não só o Brasil está sendo mostrado, mas está participando com papel importante nessa época de ouro do streaming mundial. Com produtos de qualidade, uma produção original que vem de vários lugares do país”, complementa sobre a atual fase do país nas plataformas.

Desjuntados foi a última estreia brasileira na Amazon Prime Video. A série acompanha um casal que se divorcia, mas por questões financeiras precisa continuar morando na mesma casa. A produção é protagonizada por Letícia Lima e Gabriel Godoy e tem nomes como Dani Suzuki, Rômulo Arantes Neto e Letícia Isnard no elenco. A direção é assinada por Anne Pinheiro Guimarães. O seriado é uma aposta da Amazon Prime Video e será disponibilizado em diversos países.

Para o elenco, é uma honra ter a visibilidade mundial que a plataforma de streaming proporciona. “É uma grande oportunidade mesmo para gente estar em outros países, estar em outros mercados, conhecer outros mercados e outros mercados também conhecerem a gente”, pontua Letícia Lima. “Agora a gente não está mais fazendo só novela, que vai ali para os países mais latinos. É algo que eu realmente nunca imaginei que viveria”, acrescenta Gabriel Godoy. “Ver os outros países tentando dublar a gente é curioso, bastante legal”, brinca Letícia complementando.

Os artistas do seriado acreditam que isso faz parte de um processo bem maior, que vai mudar a forma como o público consome conteúdo. “Naturalmente as pessoas vão consumir mais séries e streamings. Assim como do rádio foram para televisão, agora a tevê se expandiu para a internet e assim lá vamos nós”, analisa Dani Suzuki. “É um momento de transição que está só começando e eu estou muito empolgado com o que vai vir a acontecer na nossa profissão”, adiciona Gabriel, que ainda vê a possibilidade do intercâmbio entre esses novos centros de streaming como Espanha, Brasil, Portugal e Coreia do Sul, por exemplo.

Investimento alto

“A gente está muito animado, porque finalmente chegamos em uma cadência e um ritmo de estreias na plataforma”, conta Malu Miranda, chefe dos produtos originais da Amazon Prime Video. A plataforma tem investido muito no Brasil e apenas esse ano lançou séries da envergadura de Dom, Manhãs de Setembro e 5x Comédia, que contam com grandes artistas como Gabriel Leone, Liniker, Karine Telles e Gregório Duvivier.

Porém, não é apenas a Prime Video que está investindo em produções brasileiras. Praticamente todos os streamings do país têm se concentrado neste tipo de séries e filmes. HBO Max, Star+, Disney+ e Paramount+ já têm produtos do país e vêm investindo em mais. Globoplay, o principal streaming nacional, é um caso à parte, pois usa como carro chefe as próprias produções brasileiras.

Porém um caso de muito destaque é o da Netflix. Talvez o maior streaming da atualidade, a plataforma investe pesado no Brasil, com produções de qualidade e muita popularidade no serviço, além de uma conta no twitter voltada ao público brasileiro e que interage de forma muito cômica com os usuários do país. Recentemente, o streaming fez o Tudum Internacional, evento virtual para apresentar novidades que havia sido criado em 2020 exclusivamente e teve uma edição brasileira de muito sucesso. Na conferência foram apresentadas duas séries brasileiras que estreiam em breve na Netflix: De volta aos 15, baseada no livro de Bruna Vieira e protagonizada por Maísa; e Maldivas, uma comédia dramática com Bruna Marquezine, Sheron Menezzes, Manu Gavassi e Carol Castro no elenco.

Realitys brasileiros

Mesmo popularizado pela televisão aberta, os reality shows brasileiros agora também são um outro tipo de produto popular no streaming. Após grande sucesso na versão norte-americana, o reality Casamento às cegas Brasil chega à Netflix hoje. Apresentado pelo casal Klebber Toledo e Camila Queiroz, a produção mostra um grupo de homens e mulheres que passa 10 dias conversando às cegas entre si. Ao longo dos dias, os casais criam laços emocionais, que podem culminar, ou não, no tão esperado pedido de casamento. Lá fora, a série foi capaz de transformar alguns dos participantes em celebridades. O casal mais popular da versão estadunidense, Lauren Speed e Cameron Hamilton, acumula mais de 4 milhões de seguidores no Instagram atualmente.

No Amazon Prime, De férias com o ex Brasil é o principal nome quando se trata de reality show. No ar desde 2016, a série mostra as férias de 10 solteiros em um paraíso tropical. No entanto, as coisas se complicam quando os respectivos ex-namorados também chegam para curtir a viagem. Atualmente na 6ª temporada, o seriado continua um sucesso absoluto. Na mesma linha, Soltos em Floripa, produção que estreou em 2020, mostra oito jovens em uma luxuosa casa de praia em Florianópolis, recheada de festas, brigas, diversão e relacionamentos. Grandes celebridades brasileiras, como Pabllo Vittar e Boca Rosa são responsáveis por comentarem os episódios.

Big Brother Brasil, reality show de maior sucesso nacional, fez história no streaming, apesar de ser exibido tradicionalmente na Rede Globo. Na última edição do programa, o Globoplay atingiu a marca de 200 milhões de horas de consumo em fevereiro, e mais de um terço foi graças ao BBB. Ainda em 2021, no mês de março, o aumento de horas de conteúdo assistidas pelos assinantes atingiu a marca dos 250 milhões, um aumento de quase 120% em comparação ao ano anterior.

Séries brasileiras nos grandes streamings

Cidade Invisível / Netflix
Protagonizada por Marco Pigossi, a série conta a história de um investigador que lida com crimes que têm uma misteriosa ligação com o folclore brasileiro. O seriado, criado por Carlos Saldanha, foi sucesso absoluto e tem segunda temporada confirmada.

Impuros / Star+
Produção de três temporadas que iniciou na FX, mas teve a estreia do terceiro ano como uma das principais atrações da chegada da Star+ no Brasil, apresenta Evandro do Dendé (Raphael Logam), um traficante que descobre uma forma de se tornar um dos principais chefes na produção e distribuição de cocaína no Rio de Janeiro e pela América do Sul. Com grande elenco, a série foi realizada por René Sampaio e Tomás Portella.

Os Ausentes / HBO Max
Primeira série brasileira exclusiva da HBO Max, Os Ausentes acompanha uma agência independente que investiga odesaparecimento de pessoas que a polícia não busca mais. A série é procedural, ou seja cada episódio conta uma história com início meio e fim, e é protagonizada por Erom Cordeiro e Maria Flor.

Dom / Amazon Prime Video
Uma das principais apostas da Prime Video no ano de 2021, Dom conta a vida de Pedro Dom (Gabriel Leone) e seu pai, Victor Dantas (Flávio Tolezani e Filipe Bragança), que estabelecem uma relação conturbada pelo abuso de drogas do filho, mas também porque Dom começa a se envolver no crime organizado. A série é criada por Breno Silva.

*Estagiários sob a supervisão de Severino Francisco

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE