Famosos

Dany Bananinha acende vela para Marília Mendonça e altar acaba pegando fogo

Ex-assistente de Luciano Huck conta como resolveu problema e explica: 'Sempre acendi vela de sete dias para o meu anjo da guarda'

João Mello - Especial para o Uai
postado em 08/11/2021 16:42
 (crédito: Reprodução)
(crédito: Reprodução)

Dany Bananinha levou um susto ao acender uma vela em sua casa para Marília Mendonça e todas as vítimas do acidente que tirou a vida da cantora na última sexta-feira (05/11) em Caratinga, Minas Gerais. Mas o altar em que a vela estava pegou fogo e deu um suto na ex-assistente de Luciano Huck.

Felizmente, o fogo foi controlado, mas o apartamento de Dany ficou chamuscado. O altar homenageava além de Marília Mendonça , o produtor Henrique Ribeiro, o tio da artista e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins de Medeiros Júnior e o copiloto Tarciso Pessoa Viana.

"Sempre acendi vela de sete dias para o meu anjo da guarda. Ontem, muito triste, acendi uma vela para todos que sofreram o acidente e para o meu anjo da guarda", disse a artista. "Se eu não estivesse em casa agora, poderia ter pegado fogo no meu apartamento. Estou chocada. A vela estava protegida, ouvi estalos, e o fogo estava muito alto. Fiquei totalmente sem ação pensando em como fazer. Que loucura".

 Por fim, Dany explicou que agora irá usar vela eletrônica, para ter mais segurança na hora de prestar suas orações. "Acabei de comprar uma vela eletrônica. Meu anjo da guarda vai continuar me protegendo. Não corro perigo, e minha fé nunca vai se abalar".

 

Relato de Dany Bananinha sobre incêndio causado por vela de sete dias
Relato de Dany Bananinha sobre incêndio causado por vela de sete dias (foto: Reprodução/Instagram)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE