Streaming

Netflix avalia lançar assinatura mais barata com inclusão de propaganda

Expectativa é que a plataforma lance essa nova modalidade de assinaturas com propagandas até 2024. Essa seria uma opção de serviço mais barata

Correio Braziliense
postado em 22/04/2022 15:02
 (crédito:  AFP)
(crédito: AFP)

Após revelar a perda de 200 mil assinantes apenas no primeiro semestre deste ano, a Netflix estuda a opção de um plano mais barato com a inclusão de propagandas no meio da reprodução dos filmes e séries. A empresa culpa a competição e a dificuldade de expansão para territórios com falta de adesão tecnológica, mas o principal motivo apontado é o compartilhamento de contas.

Segundo dados fornecidos pela empresa, há cerca de 222 milhões de contas assinadas, mas 100 milhões delas são compartilhadas com outros usuários. Em março, a Netflix iniciou testes com taxa adicional para usuários que compartilham sua assinatura. O sistema vai permitir adicionar membros a uma conta já existente mediante cobrança de taxa extra.

A expectativa é que a plataforma lance essa nova modalidade de assinaturas com propagandas até 2024. Opção de serviço mais barata para usuários que não se importarem com a interrupção de propagandas, o novo pacote visa abranger um público maior de usuários. A empresa também divulgou que não será feito o rastreio de dados para propagandas direcionadas.

Outras plataformas de streaming como Hulu, Disney e HBO já são adeptas dessa estratégia, que até o momento tem funcionado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE