Carnaval

Documentário sobre refugiados no carnaval do Rio ganha sessão especial

A produção conta a história de cinco refugiados que participaram esse ano do Salgueiro, durante o carnaval carioca no sambódromo da Sapucaí.

Correio Braziliense
postado em 27/06/2022 15:59
 (crédito: Conteúdo de Divulgação)
(crédito: Conteúdo de Divulgação)

Nesta quarta-feira (29/06), A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) promove a pré-estreia do documentário ‘Resistência- A jornada dos Refugiados no Carnaval do Rio’ as 18h, no Cine Brasília. 

A produção conta a história de cinco refugiados que participaram do desfile do Salgueiro em 2022, durante o carnaval carioca no sambódromo da Sapucaí. O filme traça a trajetória desde os ensaios com a escola de samba até a participação.

O documentário tem cerca de 25 minutos, o seu evento de pré-estreia é apenas para convidados, reunindo pessoas refugiadas que vivem no Distrito Federal, autoridades governamentais, organizações da sociedade civil, representantes do corpo diplomático e funcionários do ACNUR e de outras agências da ONU.

A participação de pessoas refugiadas no desfile do Salgueiro foi possível devido a uma parceria entre a escola de samba e o ACNUR em prol de uma maior integração desta população na sociedade brasileira. As pessoas refugiadas que participaram do desfile foram selecionadas pela Cáritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro e pelas Aldeias Infantis SOS Brasil, organizações da sociedade civil que são parceiras do ACNUR no acolhimento, atendimento e proteção desta população no Estado do Rio de Janeiro. O grupo reuniu pessoas refugiadas de cinco nacionalidades diferentes como Angola, Marrocos, República Democrática do Congo, Síria e Venezuela.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE