PAGAMENTOS

"Pix, o que é?": Busca no Google dispara 850% em 24 horas

Segundo o Google, esta foi a pergunta mais buscada das últimas 24 horas em todo o país

Marina Barbosa
postado em 06/10/2020 20:47
 (crédito: Kenzo TRIBOUILLARD / AFP)
(crédito: Kenzo TRIBOUILLARD / AFP)

Não foram só os bancos que sentiram o tamanho do interesse dos brasileiros pelo Pix, o sistema de pagamentos instantâneos que começa a operar no Brasil em 16 de novembro. Segundo o Google, as pesquisas sobre o Pix dispararam 850% com o início do cadastro das chaves Pix. Por isso, "Pix, o que é?" já é a pergunta mais buscada do país na internet.

De acordo com o Google Trends, as buscas pelo Pix praticamente dobraram na internet nas últimas duas semanas e dispararam após o início do registro das chaves Pix, nesta segunda-feira (5/10). Cálculos do Google revelam que as buscas pelo termo "pix" saltaram 700% nas últimas 24 horas, deixando o sistema de pagamentos instantâneos entre os 10 termos de maior alta na busca do país.

O aumento foi ainda maior na pesquisa por "Pix, o que é?". "Após o primeiro dia de cadastro para o novo serviço, a frequência de interesse pela pergunta saltou +850% em todo o país", revelou o Google, que acrescentou: "Foi a pergunta mais buscada das últimas 24 horas em todo o país".

Dúvidas

A pergunta indica que, além do interesse, as dúvidas sobre o Pix também são grandes; o Google ainda constatou um crescimento expressivo na busca por perguntas como "Como funciona o Pix?", "O que é a chave Pix?", "Como cadastrar o Pix?", "Para que serve o Pix?", "Como baixar o Pix?", "Para que serve o Pix?", "Como fazer o cadastro no Pix?", "Como fazer o Pix?", "Quando o Pix comeca a funcionar?", "Como instalar o Pix?" e "Como utilizar o Pix?".

Como as chaves Pix estão sendo registradas pelas instituições financeiras, as buscas pelos bancos também deram um salto, na medida em que os usuários tentavam entender como se cadastrar ou escapar da instabilidade observada nos aplicativos dos grandes bancos brasileiros nas primeiras horas de cadastro do Pix. "O interesse de busca pelo Bradesco, por exemplo, quadruplicou nas últimas 24 horas, enquanto o interesse pelo Banco do Brasil e pelo Santander triplicou no mesmo período", revelou o Google.

Público

Segundo o BC, 10 milhões de chaves Pix foram cadastradas em apenas dois dias. Nem os bancos, nem o BC revelaram qual o perfil do público que mais têm se cadastrado no Pix até agora. Porém, o Google Trends também dá uma ideia disso.

Segundo a plataforma, as buscas pelo sistema de pagamentos instantâneos têm ocorrido com uma intensidade maior, sobretudo, no Paraná, no Distrito Federal e em São Paulo. Ou seja, em estados de maior poder aquisitivo, onde a população está mais habituada a usar ferramentas digitais, como esperavam os analistas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação