NOVA TECNOLOGIA

Fase de testes da internet 5G deve começar em Brasília a partir de janeiro

No mundo, o 5G está presente em 65 países, e as economias mais avançadas tecnologicamente já se preparam para o 6G

Bernardo Lima*
Maria Eduarda Angeli*
postado em 05/11/2021 05:56 / atualizado em 05/11/2021 05:57
A nova tecnologia deverá ajudar o segmento de startups brasilienses e também o agronegócio do DF -  (crédito: JOSEP LAGO)
A nova tecnologia deverá ajudar o segmento de startups brasilienses e também o agronegócio do DF - (crédito: JOSEP LAGO)

Com maior capacidade de transmissão de dados, o 5G oferece uma conexão mais rápida e promete revolucionar os setores produtivos do país, inclusive, em Brasília, onde o leilão está sendo realizado desde ontem e acaba amanhã.

"Essa é uma internet muito mais rápida do que a que nós temos acesso hoje. Tenho certeza absoluta de que o 5G vai beneficiar todo o Brasil, mas Brasília em particular, vai ganhar muito com isso", disse o secretário de Ciência e Inovação do Distrito Federal, Gilvan Máximo. Ele adiantou que a fase de testes do 5G em Brasília deve começar em janeiro de 2022. "Acreditamos que até janeiro o 5G deve estar sendo testado em algumas partes de Brasília. Foi o que me garantiu o ministro das Comunicações, Fábio Faria", acrescentou. Para ele, a nova tecnologia deverá ajudar o segmento de startups brasilienses e também o agronegócio do DF.

No mundo, o 5G está presente em 65 países, e as economias mais avançadas tecnologicamente já se preparam para o 6G.

Rejinaldo Pires, cientista da computação de 46 anos, acredita que a chegada do 5G ao Brasil é "uma revolução tecnológica sem precedentes". Para ele, a introdução desse nível de tecnologia no cotidiano da população "é um divisor de águas".

Com uma conexão mais rápida do 5G, a economista da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) Samantha Cunha ressaltou que o setor produtivo vai conseguir migrar para a chamada "Indústria 4.0", que é a aplicação em larga escala das tecnologias digitais, nas fábricas.

*Estagiários sob a supervisão de Rosana Hessel

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE