Inovação

Pela primeira vez, Petrobras usa duto para transporte de querosene de aviação

"Esta nova operação traz mais uma alternativa confiável para o suprimento de querosene de avião a Brasília, diminuindo a dependência do modal rodoviário", disse a estatal em nota

Cristiane Noberto
postado em 04/04/2022 20:40
 (crédito:  Fernando Frazão/Agência Brasil)
(crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O transporte de querosene de avião por meio de dutos foi iniciado no final de março como teste em Brasília. Segundo a Petrobras, a operação poderá diminuir custos e acelerar a entrega dos insumos.

"Esta nova operação traz mais uma alternativa confiável para o suprimento de querosene de avião a Brasília, diminuindo a dependência do modal rodoviário. Até então, as entregas deste combustível à cidade eram feitas somente a partir das refinarias de Betim e Paulínia, de onde as distribuidoras transportam o produto por rodovia até Brasília", afirma a estatal.

O transporte do insumo é feito por meio do oleoduto OSBRA e entrega rodoviária no terminal da Transpetro. O OSBRA transporta derivados de petróleo da Refinaria de Paulínia para o Centro-Oeste.

"A operação de bombeio de QAV pelo OSBRA está em fase de testes e tem apresentado resultados positivos tanto quanto à qualidade do produto como quanto às condições de operação", frisou.

Após a conclusão da fase de testes, que deve acabar em meados de setembro, a Petrobras estima iniciar a comercialização oficialmente ao Aeroporto de Brasília, neste modelo.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE