Atlético

Torcedor do Galo agradece a Hulk e faz elogio: 'Você é incrível'

Conheça o atleticano que chamou a atenção do Brasil no clássico entre Atlético e América, no último domingo

Samuel Resende - Estado de Minas
Thiago Madureira - Estado de Minas
postado em 08/11/2021 15:02 / atualizado em 08/11/2021 15:05
 (crédito: reprodução )
(crédito: reprodução )

Torcedor do Atlético que foi agraciado com uma camisa utilizada por Hulk antes do clássico com o América, Karol João Paulo, de 42 anos, agradeceu ao atacante em um vídeo divulgado nas redes sociais. "Muito obrigado pela camisa que você me deu. Você é incrível!".

Na sequência, o torcedor imita os gestos do incrível Hulk, com os braços para baixo e a expressão de ira no rosto.

Karol João Paulo mora no bairro Cruzeiro, região Centro-Sul de Belo Horizonte. Fanático pelo Galo, ele criou uma conta no Instagram para homenagear o ídolo (@hulk_da_massa). O torcedor tem o sonho de encontrar o atacante e desfrutar alguns minutos ao lado do craque.

"Já foi a vários jogos. Ele é pé quente", garante Luísa Barbosa, sobrinha de João Paulo.

No domingo, Hulk viu uma placa com o fã pintado de verde - em alusão ao super-herói - e não hesitou em deixar sua blusa com ele.

O momento foi registrado pela equipe que comanda as redes sociais do Mineirão. João Paulo escreveu um cartaz e foi premiado com a camisa do atacante antes do jogo contra o Coelho, no Mineirão. "Hoje é meu aniversário. Estou forte como você. Agora só falta sua camisa."

Karol João Paulo foi mais um no meio dos mais de 58 mil torcedores no Mineirão para acompanhar o clássico.

O nome do torcedor é uma homenagem ao papa João Paulo II. Chefe de igreja católica de 1978 até a sua morte, em 2005, Karol Józef Wojtyla conquistou admiradores em todo Brasil.

Em 1º de julho de 1980, o papa João Paulo II veio a Belo Horizonte, marcando a história de Minas Gerais. Foi a única vez que um sumo pontífice pisou em solo mineiro para uma visita.

No início dos anos 1980, muitos recém-nascidos mineiros receberam o nome de João Paulo em homenagem ao papa, que tinha um enorme carisma.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE