Brasileirão 2023

Tiago Nunes busca recuperar a confiança e exalta força coletiva do elenco

Apresentado, treinador ressalta como fará para corrigir os erros defensivos e recolocar o Alvinegro no caminho das vitórias no Brasileirão

Tiago Nunes é apresentado no Botafogo ao lado do diretor de futebol André Mazzuco  -  (crédito: - Foto: Lucas Bayer / Jogada10)
Tiago Nunes é apresentado no Botafogo ao lado do diretor de futebol André Mazzuco - (crédito: - Foto: Lucas Bayer / Jogada10)
Jogada10
postado em 21/11/2023 16:09 / atualizado em 21/11/2023 17:57

O Botafogo apresentou, nesta terça-feira (21), o treinador Tiago Nunes em meio à reta final do Campeonato Brasileiro. Uma das tarefas do comandante é recolocar o elenco no caminho das vitórias neste longo período de oscilação. O Alvinegro perdeu a liderança para o Palmeiras, porém tem um jogo a menos e pode recuperar a ponta da tabela. Em sua chegada, o técnico ressaltou que pretende recuperar a confiança do grupo e mostrar que não se pode ‘descaracterizar um bom trabalho por uma sucessão curta de maus resultados’.

“Primeiro de tudo é passar confiança para que o grupo entenda que o que fez e está fazendo é um trabalho de alto nível. A gente não pode descaracterizar toda uma temporada por cinco ou seis jogos. É um grupo de boa qualidade técnica, que conseguiu se colocar como favorito ao título, como outras equipes. Nós sabemos que o Brasileirão é um torneio difícil e que todas as equipes oscilam. Algumas oscilam no início da temporada, outras na metade e algumas no final. Meu momento de chegada é para trazer essa confiança e mostrar que cheguei de fora, sem visão contaminada pela emoção. Isso ajuda a mostrar para os atletas e funcionários do clube que o trabalho que se fez é de excelência.”, disse.

Tiago Nunes é apresentado no Botafogo ao lado do diretor de futebol André Mazzuco – Foto: Lucas Bayer / Jogada10

“O objetivo é repetir, dar sequência ao que já foi feito, tentar de maneira objetiva escolher alguns temas a serem trabalhos, como a gente já vem fazendo desde quarta-feira. Retomar a confiança dos jogadores para que eles entendam que muitas vezes os resultados negativos não tem a ver só com a performance. Tem a ver com eles enxergarem que estão no caminho certo e que não é uma  sucessão curta de resultados que não foram bem, que a gente vai descaracterizar um trabalho que foi feito até o momento.”, completou.

Problemas defensivos e início de trabalho

O gaúcho, de 43 anos, assina contrato até o fim de 2025 e irá realizar um trabalho a longo prazo, após sua passagem pelo Sporting Cristal, do Peru. Com passagens por Athletico-PR, Corinthians, Grêmio e Ceará, Tiago Nunes tem como objetivo corrigir o sistema defensivo alvinegro, que tem apresentado falhas coletivas e individuais nas últimas partidas.

“Creio que a organização defensiva e ofensiva não pode ser só pelos números. A parte ofensiva tem uma conexão direta com o sistema defensivo. É uma construção que passa desde o goleiro até os atacantes. O craque do Botafogo é o coletivo”, destacou, e em seguida completou:

“Foi uma equipe construída para isso, para dinâmica, coletiva, cooperativa dentro de campo. E quando não funciona tão bem, a gente não pode culpar só um setor. Temos que mostrar que foi uma equipe equilibrada e voltar a repetir esses comportamentos”. Para você evitar gols, tem que ter jogadores de ataque que façam o primeiro combate. Tenho certeza que nos cinco jogos que faltam, dificilmente não vamos sofrer gols. Mas a gente tem que estar sempre equilibrado para entender o momento e lidar bem com isso. Não é porque sofreu gol que está tudo errado. É conseguir fazer com que no próximo jogo a gente consiga ter a reação que todos esperam”, frisou.

Retorno de Tiquinho Soares

Antes do duelo desta quinta-feira (23), contra o Fortaleza, o Botafogo contou com a pausa para a Data-Fifa. Nesse sentido, o clube correu contra o tempo para recuperar seu artilheiro. Tiquinho Soares teve uma torção no tornozelo esquerdo, mas segundo o novo treinador a ideia é contar com o atacante para enfrentar o Fortaleza. Além disso, o comandante exaltou a qualidade do camisa 9 e o grande momento que vive na carreira

“Minha ideia é contar com ele já contra o Fortaleza. Está treinando com a gente desde ontem. Já tinha treinado em separado desde sábado. Está no processo de recuperação e, a partir daí, é uma referência da equipe, muito importante”, explicou Tiago Nunes

“Nessa temporada vive um dos melhores momentos da carreira e precisamos aproveitar ao máximo. Eu como treinador tenho que estar aqui para dar a eles o direito de tentar as jogadas. O jogador tem o direito de errar, em algum momento ele vai se equivocar. Eu como treinador estou aqui para dar esse amparo para que ele possa retomar a melhor versão dele”, concluiu.

Olho no calendário e na tabela

O Botafogo soma 60 pontos, dois atrás do líder Palmeiras, porém tem um jogo a mais e só depende dele para conquistar o tricampeonato brasileiro. Além do confronto com o Fortaleza, o Glorioso terá pela frente duelos contra Santos (casa), Coritiba (fora), Cruzeiro (casa) e Internacional (fora) para seguir vivo na briga pelo título e se reencontrar na temporada. A equipe carioca chegou a colocar 13 pontos na frente do segundo colocado, entretanto emendou uma série de tropeços e viu a liderança escapar entre os dedos.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->