FUTEBOL PAULISTA

Santos não atinge nenhuma meta no ano e deixa de faturar R$ 43 milhões

Peixe decepcionou em todas as competições na temporada e terá orçamento bastante reduzido para 2024

Santos não atinge nenhuma meta no ano -  (crédito: Foto: Raul Baretta/Santos)
Santos não atinge nenhuma meta no ano - (crédito: Foto: Raul Baretta/Santos)
Jogada10
postado em 08/12/2023 10:10 / atualizado em 08/12/2023 10:35

A temporada do Santos teve um desfecho horripilante para o torcedor. O rebaixamento para a Série B apenas refletiu o cenário de terror do Peixe, que não conseguiu atingir nenhum dos objetivos previstos pela direção do clube em 2023. Além disso, o Alvinegro Praiano deixou de receber uma bolada, algo que pode prejudicar ainda mais o planejamento financeiro em 2024.

 

Para exemplo de comparação, o Santos esperava chegar, ao menos, na final do Paulistão. O título garantiria R$ 5 milhões, enquanto o vice recebe um prêmio de R$ 1,65 milhão. Contudo, a equipe foi eliminada ainda na fase de grupos, quando também brigou contra o rebaixamento no Estadual.

Já na Copa do Brasil, o Peixe caiu nas oitavas de final, para o Bahia. O orçamento previa que a equipe avançasse até as quartas de final da competição. Por fim, o Santos esperava atingir as quartas de final, onde arrecadaria R$ 10 milhões, mas novamente caiu na fase de grupos.

Contudo, o torneio que mais feriu o clube nos cofres e também no coração foi o Campeonato Brasileiro. O Alvinegro Praiano estipulou como meta o sexto lugar, que terminou com o Red Bull Bragantino. Pela colocação, o Massa Bruta recebeu R$ 35,5 milhões. Com o rebaixamento para a Série B do Brasileirão, o Santos não receberá um centavo sequer em premiação.

Santos deve ter forte reformulação em 2024

Com a queda para a Segunda Divisão, o Santos deve ter um orçamento menor para a próxima temporada. A CBF libera uma quantia diferente para times da Séries A e B. Assim, o Peixe deve passar por uma grande reformulação no elenco.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

-->