INVESTIGAÇÃO

Francesco Acerbi é investigado por suposta ofensa racista a Juan Jesus

Após a partida entre as duas equipes, o defensor brasileiro declarou que Acerbi "ultrapassou a linha"

Francesco Acerbi -  (crédito: Reprodução)
Francesco Acerbi - (crédito: Reprodução)
Agence France Press
postado em 19/03/2024 12:25

A Liga Italiana de Futebol anunciou nesta terça-feira (19) a abertura de uma investigação contra o jogador da Inter de Milão Francesco Acerbi por supostos insultos racistas ao defensor brasileiro do Napoli Juan Jesus.

"Após ter conhecimento da súmula da arbitragem, o juiz desportivo considera necessário que o procurador da federação investigue com o objetivo de esclarecer o ocorrido entre o jogador do Napoli Juan Jesus e o da Inter de Milão Francesco Acerbi, em referência às supostas expressões de discriminação racial proferidas por este último", afirmou a Liga Italiana em comunicado.

Após a partida entre as duas equipes no último domingo (17), que terminou empatada em 1 a 1, o defensor brasileiro declarou que Acerbi "ultrapassou a linha", mas que ambos se resolveram ainda no gramado.

Segundo imagens da partida exibidas pela televisão, Juan Jesus reclama com o árbitro aparentemente dizendo: "Ele me chamou de negro".

Após a divulgação do ocorrido, Acerbi foi desconvocado e deixou a concentração da seleção da Itália, que se prepara para disputar dois amistosos nos Estados Unidos em preparação para a Eurocopa, contra Venezuela e Equador.

Em comunicado, a Federação Italiana de Futebol (FIGC) informou que o jogador italiano deu sua versão dos fatos a seus companheiros de seleção e ao técnico Luciano Spalletti e que seu comentário "não tinha a intenção de ser difamatório".

Ao retornar a Milão, o atleta de 36 anos declarou à imprensa que não fez "comentários racistas".

O zagueiro corre o risco de ser suspenso por até 10 jogos, o que o deixaria de fora do restante da temporada e comprometeria sua participação na Eurocopa (14 de junho a 14 de julho), na qual a Itália defenderá o título conquistado em 2021.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br