Candangão

Ceilândia e Capital começam a definir o Candangão no Mané Garrincha

Gato Preto e Coruja terão enfrentamento inédito na decisão do principal torneio do futebol local. Ingressos para o confronto custam R$ 10 e estão sendo vendidos na internet. No dia do jogo, também haverá comercialização

 09/03/2024 Credito: Ed Alves/CB/DA.Press. Cidades. Estadio Mane Garrincha  - Arena Brasília - Arena Mane Garrincha.  -  (crédito:  Ed Alves/CB/DA.Press)
09/03/2024 Credito: Ed Alves/CB/DA.Press. Cidades. Estadio Mane Garrincha - Arena Brasília - Arena Mane Garrincha. - (crédito: Ed Alves/CB/DA.Press)
postado em 30/03/2024 21:54

Pela segunda vez consecutiva, o Campeonato Candango terá uma disputa inédita pelo título. Ceilândia e Capital, se enfrentam neste domingo (31/3), às 15h30, no Estádio Mané Garrincha, pelo jogo de ida, para definir quem vai se sagrar campeão, além de uma premiação de um milhão de reais proporcionada pelo banco BRB, patrocinador do torneio. Ao chegarem à final, os dois times estão classificados para três competições do próximo ano: Série D do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Verde. A FFDF TV transmite com imagens no YouTube.

O Brasiliense havia chegado à final sete vezes consecutivas nos últimos anos e quem toma o lugar, na decisão do Candangão de 2024, é o Capital, time do Paranoá, denominado Coruja, que alcança a final pela primeira vez. O Ceilândia esteve presente em algumas decisões recentes e vem em busca do tricampeonato. O último título candango conquistado pela equipe foi há 12 anos, sobre o Luziânia.

A expectativa é de uma final acirrada. Os times têm as melhores campanhas do campeonato. O Ceilândia vem com oito jogos de invencibilidade e sete vitórias. Em contrapartida, o Capital chega com três triunfos consecutivos e nove partidas ganhas no total. Além do título disputado, os jogadores dos dois times competem pela artilharia. Romarinho, do Gato Preto, campeão do Candangão pelo Brasiliense em 2021, soma nove gols na competição. Ele é o artilheiro isolado. O Coruja, conta com Wallace Pernambucano, artilheiro da Série D em 2023. O camisa nove marcou sete gols esse ano, ocupando a vice-artilharia.

Em 2023, a última final do Candangão, incluindo jogos de ida e volta, atingiu a marca de 1.981 torcedores, conforme dados da Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF). Com capacidade para suportar 72 mil pessoas, o Mané Garrincha disponibilizará aos torcedores uma carga de seis mil torcedores, pela área leste, que será dividida para o jogo de ida da decisão do campeonato. Na última partida, o Capital quebrou o recorde de público no Estádio JK, com mais de 4.200 torcedores presentes. O Ceilândia, no último jogo, recebeu cerca de 1.973 espectadores no Abadião. A perspectiva é que esses números sejam superados no Mané Garrincha, por se tratar de uma final.

Os ingressos da partida de ida podem ser adquiridos pessoalmente no estádio, a partir das 10h, em frente ao ginásio Nilson Nelson, ou pelo site da bilheteria digital (www.bilheteriadigital.com). A inteira custa R$ 20 reais. A meia sai por R$ 10. O valor do ingresso social, com a doação de 1kg de alimento não perecível, é o mesmo. O segundo jogo para decidir qual time levantará a taça ocorre no próximo sábado (6/4), às 15h30, também no estádio Mané Garrincha.

*Estagiário sob a supervisão de Danilo Queiroz

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação