Política de Dados

Microsoft se compromete a deixar na Europa dados de clientes europeus

A medida entrará em vigor no fim do próximo ano, afirmou Brad Smith

Agência France-Presse
postado em 06/05/2021 14:02 / atualizado em 06/05/2021 14:36
 (crédito: MARTIN BUREAU)
(crédito: MARTIN BUREAU)

O grupo americano Microsoft se comprometeu nesta quinta-feira (6/5) a manter na Europa todos os dados dos clientes europeus de seus serviços na nuvem, em meio à preocupação europeia com a legislação americana sobre dados.

"Se você é um cliente empresarial ou do setor público (...) permitiremos tratar e armazenar todos os seus dados na União Europeia (...) Não precisaremos transferir seus dados para fora da UE", disse Brad Smith, diretor do departamento legal da Microsoft.

O anúncio envolve serviços da Microsoft como o Azure (que permite às empresas prescindir dos servidores físicos utilizando os da Microsoft através da internet), Office 365 (serviços online de e-mail, documentos, arquivos compartilhados, videoconferência, etc.) e Dynamics 365 (para empresas).

A medida entrará em vigor no fim do próximo ano, afirmou Brad Smith.

Os europeu estão preocupados há vários anos com a situação jurídica dos dados confiados aos gigantes americanos de serviços na nuvem, como Microsoft, Amazon e Google, e em particular pela interferência dos tribunais americanos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE