COVID-19

"Mergulhei de máscara para não pegar covid nos peixinhos", diz Bolsonaro

Presidente falou com apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada, após retornar de Sáo Paulo, onde passou o fim do ano

Ingrid Soares
postado em 04/01/2021 20:56 / atualizado em 04/01/2021 20:57
 (crédito: Divulgação/Youtube Eduardo Bolsonaro)
(crédito: Divulgação/Youtube Eduardo Bolsonaro)

O presidente Jair Bolsonaro ironizou, no fim da tarde desta segunda-feira (4/1), a máscara facial, item higiênico auxiliar na contenção da proliferação dos casos de coronavírus. O chefe do Executivo retornou a Brasília, após recesso no Forte dos Andradas, em São Paulo, para onde viajou em 28 de dezembro.

Ao cumprimentar apoiadores que o aguardavam na entrada do Palácio do Alvorada e após tirar foto com uma criança, Bolsonaro disse em tom de piada que entrou na água com máscara para "não pegar covid nos peixinhos”.

"Sabia que o tio estava na praia nadando de máscara? Tava nadando de máscara? Mergulhei de máscara também, para não pegar covid nos peixinhos", disse, rindo. Segundo dados do Ministério da Saúde, o Brasil conta mais de 195 mil mortos por conta do vírus.

Bolsonaro se referia ao episódio em que, no dia 1º, de lancha, se jogou na água e nadou em direção a banhistas que estavam na praia. A ação de Bolsonaro acabou causando aglomeração de banhistas, que nadaram ao encontro do mandatário. Depois de conversar com os bolsonaristas e ser ovacionado ao som de "mito", ele retornou a nado para a embarcação.

Nesta segunda-feira, mais cedo, ele aproveitou os últimos momentos da estada para andar de jet ski e tomar caldo de cana. Vestindo a camisa do Santos, Bolsonaro conversou com locais e ofereceu a bebida em comemoração ao bimundial do Palmeiras. Ele também falou com apoiadores na Praia do Guaiuba, onde causou aglomeração ao tirar selfies e distribuir apertos de mão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE