TENSÃO ENTRE PODERES

Desfile de blindados: vídeo registra presença de tanques militares perto da Esplanada

Passagem de tanques de guerra e blindados pela Esplanada dos Ministério está marcada para esta terça (10/8), dia em que a PEC do Voto Impresso deve ser votada na Câmara

Talita de Souza
postado em 09/08/2021 20:31 / atualizado em 09/08/2021 20:37
 (crédito: Twitter/Reprodução)
(crédito: Twitter/Reprodução)

Um vídeo compartilhado pela deputada federal Erika Kokay (PT-DF), no fim da tarde desta segunda-feira (9/8), mostra uma intensa ocupação no estacionamento do Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília, na L4 Norte, próximo à Esplanada dos Ministérios.

As imagens registram dois tanques militares e diversos caminhões. De acordo com a parlamentar, os veículos serão utilizados no desfile de blindados da Esplanada, previsto para ocorrer na terça-feira (10/8). Veja o vídeo:

“Os tanques de guerra para o exibicionismo golpista de Bolsonaro já estão posicionados”, diz a deputada. “Bolsonaro está dobrando a aposta e a reação dos democratas desse país precisa ser enérgica”, convoca Kokay.

O Correio entrou em contato com a assessoria do Comando do 7º Distrito Naval para confirmar se os veículos serão direcionados para a ação, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria. O espaço fica aberto para eventual manifestação.

Desfile no dia da votação do voto impresso 

O desfile de blindados e tanques de guerra na Esplanada dos Ministérios foi marcado no mesmo dia em que deve ser votada a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Voto Impresso, documento que traduz a recente e maior crise do governo Bolsonaro com os Poderes.

Parlamentares entendem que a presença dos tanques, que passarão em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Congresso, é uma forma de intimidação. Mais cedo, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) usou a conta do Twitter para dizer que a ação é “indevida e inconstitucional” e que a resposta da Câmara dos Deputados deve ser a rejeição da PEC, “em resposta clara e objetiva de que vivemos numa democracia e que assim permaneceremos”.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) fez coro e usou as redes sociais para falar diretamente ao presidente da República. “Quer tentar golpe, senhor presidente? É o crime que faltava para lhe colocarmos na cadeia”, escreveu.

Já o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) afirmou ter pedido à Justiça para impedir a ação. Para ele, o desfile é "gasto de recursos públicos em uma exibição vazia de poderio militar". 

A Marinha afirma que o desfile é uma ação promocional para a Operação Formosa, que reúne fuzileiros navais em treinamento no Entorno do Distrito Federal. Na ‘cerimônia’, as tropas vão até o Palácio do Planalto entregar convites para comparecer à Demonstração Operativa, que ocorrerá em 16 de agosto, no Campo de Instrução de Formosa (CIF). O Correio apurou que, apesar da operação ocorrer todo ano, é a primeira vez em que anunciam que os tanques passarão pelo centro de Brasília.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE