ECONOMIA

Bolsonaro associa queda de mercado da Magazine Luiza ao apoio a Lula

O presidente disse que a empresária Luiza Trajano perdeu R$ 30 bilhões por apoiar ex-presidente. Empresa explicou que a queda é devido à inflação

Tainá Andrade
postado em 22/11/2021 16:51 / atualizado em 22/11/2021 16:52
 (crédito:  Isac N..brega/PR)
(crédito: Isac N..brega/PR)

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta segunda-feira (22/11), no Palácio do Planalto, que uma "mulher socialista perdeu R$ 30 bilhões". A declaração era uma referência a Luiza Trajano, proprietária da Magazine Luiza, que em um intervalo de um ano, entre novembro de 2020 e 2021, teve um baque na Bolsa de Valores (B3) de R$ 26 para R$ 11,15 no valor das ações, o equivalente a metade do que valia.

Você não vê empresário socialista. Tem uma mulher aí que é socialista, não fala o nome, não. Essa mulher é socialista e perdeu R$ 30 bilhões agora, quando anunciou amor pelo nove dedos”, disse o presidente.

O valor de mercado do Magazine Luiza retraiu R$ 88 bilhões em outubro de 2021, ou seja, 55,3% do que foi no mesmo mês do ano passado. A queda foi de R$ 159 bilhões para R$ 71 bilhões.

De acordo com a empresa, a desaceleração nas vendas está relacionada à inflação e aumento dos juros que reduziu o poder de consumo dos brasileiros. Isso foi percebido diretamente nas lojas físicas, com a queda de de 8% no período.

Relação com Lula

A associação feita por Bolsonaro tem base nas declarações trocadas entre a empresária e Lula. Trajano era um dos nomes cotados para se candidatar à disputa pela Presidência no ano que vem.

Quando questionada se tinha intenção de concorrer a algum cargo político em 2022 ou ser vice do petista, afirmou que não havia conversado com Lula ou com outros políticos, depois negou que seguiria com o plano.

Em outro momento, ela foi elogiada por Lula por ter sido eleita pela revista americana Time uma das 100 pessoas mais influentes do mundo.

“Em um mundo corporativo ainda dominado por homens, Luiza Trajano conseguiu transformar o Magazine Luiza em um gigante do varejo”, escreveu o ex-presidente.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE