RECESSO

Bolsonaro antecipa feriado e desembarca no Guarujá nesta sexta-feira (17)

Antes de desembarcar, em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, presidente falou em inflação, disse que há problemas para o próximo ano e informou a apoiadores que não tem "cercadinho" até quinta-feira da semana que vem

Ingrid Soares
postado em 17/12/2021 19:01 / atualizado em 17/12/2021 19:01
 (crédito: Reprodução)
(crédito: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) desembarcou nesta sexta-feira (17/12) no Guarujá, no litoral de São Paulo. Conforme tradição, o chefe do Executivo ficará hospedado na instalação militar Forte dos Andradas e a previsão é de que retorne a Brasília no próximo dia 23 para passar o Natal com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e família. Depois, deve viajar a São Francisco do Sul (SC), onde passará o fim de ano.

Em conversa com apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro falou em inflação e disse que há problemas para o próximo ano. 

"Temos problemas, né: inflação, ICMS, combustível. O mundo todo deu uma desajustada com essa pandemia 'fique em casa que a economia a gente vê depois'. E tem problema para o ano que vem. Não acabou ainda, não. Infelizmente, tem problemas econômicos aí, mas estamos buscando nos antecipar a esse problema para minimizar as consequências."

Em seguida, informou que não tem "cercadinho" até a quinta-feira da semana que vem. O local, próximo à residência oficial, é ponto de encontro entre o presidente e eleitores.

"Pessoal, vou dar uma esticada aí. Agora só volto na outra quinta (23). Então, não tem cercadinho até quinta-feira. Eu vou lá para o Vale do Ribeira", informou. Em novembro, o presidente disse que pegaria uma folga apenas após o dia 22. 

Em outubro, o presidente também esteve no Forte dos Andradas. Na época, questionado sobre as mais de 600 mil mortes no país por covid-19, o chefe do Executivo respondeu que não teria ido ao local para "se aborrecer". Ele passava o feriado acompanhado dos filhos, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) e Laura.

No ano passado, Bolsonaro também escolheu o litoral de São Paulo para passar o fim do ano. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE