DECLARAÇÃO

Bolsonaro sobre aborto: "Lula é o genocida de pessoas inocentes"

Na semana passada, Lula disse em um evento na Fundação Perseu Abramo, em São Paulo, que "mulheres pobres morrem tentando abortar, enquanto madames vão para Paris"

Ingrid Soares
postado em 11/04/2022 15:23
Bolsonaro fez contraponto a declarações do ex-presidente -  (crédito:  Ed Alves/CB)
Bolsonaro fez contraponto a declarações do ex-presidente - (crédito: Ed Alves/CB)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta segunda-feira (11/04) que o ex-presidente Lula (PT) é “genocida de inocentes”. A declaração ocorreu durante entrevista ao porta O Liberal.

"Lula quer retirar a arma de fogo das mãos das pessoas de bem. O Lula quer também transformar o aborto como se fosse você vai no dentista para tirar um dente e você vai no médico para fazer um aborto. É a mesma coisa. E não tem qualquer respeito com a vida humana. O Lula é o genocida de pessoas inocentes quando ele prega abertamente o aborto no Brasil”, atacou, emendando que o petista "critica padres, pastores, o tempo todo, querendo tirar as credibilidades que eles têm em suas comunidades".

Na semana passada, Lula disse em um evento na Fundação Perseu Abramo, em São Paulo, que "mulheres pobres morrem tentando abortar, enquanto madames vão para Paris", e que o tema deve ser tratado como questão de saúde pública. Após a polêmica, o petista se explicou dizendo ser contrário ao aborto, mas reforçou ser uma questão de saúde pública.

No último dia 8, Bolsonaro aproveitou para fazer contraponto a declarações do ex-presidente e contra a restrição do consumo da classe média. “Nós somos contra o aborto no Brasil. Nós não queremos restringir o consumo da classe média. Respeitamos nossas Forças Armadas e nossos militares. Nosso governo também defende a família brasileira”, disse. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE