REDES SOCIAIS

Câmara diz que acionou autoridades para investigar hacker

Em nota oficial, o órgão público considerou mensagem "injuriosa" e afirmou que está trabalhando em mais medidas de segurança cibernética

Câmara dos Deputados faz nota oficial sobre ataque hacker deste sábado (10/2) -  (crédito: Evandro Éboli/CB.DA Press)
Câmara dos Deputados faz nota oficial sobre ataque hacker deste sábado (10/2) - (crédito: Evandro Éboli/CB.DA Press)
postado em 10/02/2024 13:48 / atualizado em 10/02/2024 13:51

A rede social X, antigo twitter, da Câmara dos Deputados foi hackeada na manhã deste sábado (10/2). Foram postados xingamentos ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

Em nota oficial, a Câmara considerou o teor da mensagem "injuriosa" e afirmou que imediatamente foi trocada a senha de acesso da rede social para que novos ataques cibernéticos não ocorram. 

O texto ainda ressalta que autoridades policiais foram acionadas e que a Câmara realizará uma investigação interna.  "A conta oficial da Câmara dos Deputados no X foi hackeada na manhã deste sábado, 10, e postada uma mensagem injuriosa. Menos de 15 minutos depois, o texto foi apagado e imediatamente trocada a senha de acesso para que novos ataques cibernéticos não sejam realizados. "Estamos empenhados na melhoria contínua dos nossos processos de segurança para evitar que novos episódios como esse voltem a ocorrer", acrescenta. 

Leia nota oficial na íntegra:

"As autoridades policiais e medidas de segurança foram acionadas. A Câmara dos Deputados também fará uma investigação interna.

A conta oficial da Câmara dos Deputados no X foi hackeada na manhã deste sábado, 10, e postada uma mensagem injuriosa.

Menos de 15 minutos depois, o texto foi apagado e imediatamente trocada a senha de acesso para que novos ataques cibernéticos não sejam realizados.

As autoridades policiais e medidas de segurança foram acionadas. A Câmara dos Deputados também fará uma investigação interna.

Estamos empenhados na melhoria contínua dos nossos processos de segurança para evitar que novos episódios como esse voltem a ocorrer".

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação