Especial

Maquiar para se expressar! Como a make ajuda na formação da personalidade e na autoestima

A maquiagem vem percorrendo assuntos de liberdade de expressão, arte e transformando o conceito de beleza

Por Carolina Marcusse* e Giovanna Fischborn
postado em 09/01/2022 08:00 / atualizado em 09/01/2022 17:30
 (crédito:  Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Nada de passar maquiagem para se esconder. Hoje, o objetivo da make vai muito além da correção. O tempo mostrou que mais que um rito cheio de regras que anseia por um resultado padrão, dá para inventar muito, divertir-se, realçar elementos (de sardas a monocelha) ou entrar num personagem com um "rosto novo" sem perder a singularidade.

A psicóloga Karine Figueiredo aponta a maquiagem como uma forma de expressão importante. Segundo ela, no campo da saúde mental, estudos comprovam que o uso moderado da maquiagem traz diversos benefícios para o cérebro e comportamento humano. "Por representar uma forma de expressão, trabalha a autoimagem, o autoconhecimento, a vaidade e estimula e interação social", afirma.

Entre os benefícios, está o incentivo à autoestima, um dos principais fatores que contribuem para o bem-estar psicológico: "A autoestima representa a confiança, o conceito e a valorização de uma pessoa sobre si mesma. Tais sentimentos nutrem por dentro, diminuindo a ansiedade e a irritabilidade", completa.

E equilíbrio é tudo. A recomendação realmente é que o uso da maquiagem seja consciente — nada de nutrir uma obsessão por um padrão de beleza irreal e falta de autoaceitação. Quando imoderado e feito no automático, a psicóloga explica que há prejuízos. "A consequência imediata é o dano nas relações familiares, comunitárias, laborais e sociais, transformando o maquiar em obrigação." Por isso, é importante estabelecer limites para ter uma relação saudável consigo e com a maquiagem.

Ritual

Larissa Passos fica até mais relaxada quando se maquia.  O visual favorito dela é pele bem iluminada com blush natural
Larissa Passos fica até mais relaxada quando se maquia. O visual favorito dela é pele bem iluminada com blush natural (foto: Arquivo pessoal)

Sentar-se à mesinha do quarto e passar maquiagem — com a pele cuidadosamente preparada — sem nem sequer ter compromisso ou ocasião especial para se arrumar. "Onde você vai tão maquiada?" Larissa Passos, 24 anos, jornalista, ouve isso da família assim que sai do seu mundo de pincéis, base, iluminador, blush... Aliás, todos essenciais na necessaire dela. E para onde vai? A verdade é que Larissa acessa um lado mais confiante de si quando maquiada.

O gosto pela prática ela sempre teve, mas se aprofundou neste mundo quando começou no primeiro estágio. "A essa altura, com o meu próprio dinheiro, passei a comprar makes e me aventurar um pouco mais. Antes disso, usava os produtinhos da minha mãe", conta.

Quando estava aprendendo o básico, Larissa se inspirava nos vídeos da influenciadora Mari Maria. "Ela trazia propostas com produtos que cabiam no meu orçamento", diz. E, como acontece com tantas pessoas, os conteúdos no YouTube sobre o assunto foram funcionando como guia para aperfeiçoar as técnicas de aplicação, retoque e por aí vai.

A maquiagem foi uma das maneiras que Larissa encontrou para encarar o período do distanciamento social. Afinal, se valeu se exercitar, meditar, ler, redecorar a casa… por que a maquiagem não valeria? Em 2020, ela comprou vários cursos de automaquiagem, a maioria com foco no passo a passo da preparação de pele — etapa favorita dela.

A maquiagem vem, então, proporcionando momentos felizes dela consigo mesma. Larissa coloca as músicas favoritas para tocar e começa os trabalhos. Enquanto se maquia e depois, com o resultado, acaba se amando ainda mais. "É o meu ritual quando estou com a autoestima baixa ou não me sinto bem."

Hoje, a demanda do trabalho não deixa tanto tempo para a prática, mas a maquiagem continua presente na rotina. Agora, com um novo propósito, virou momento de desestressar e relaxar. Ela continua gostando de acompanhar o que está em alta e, quando está com tempo, grava vídeos relacionados à make e produz algumas fotos. Na sua conta do Instagram, gosta de recomendar produtinhos e técnicas.

Nada básica

Pele de alta cobertura, traços megadefinidos, cores vibrantes e muito brilho são a cara da maquiagem de drag queen, movida à liberdade de criar e se expressar. Inclusive, muitas técnicas conhecidas hoje, como o contorno, têm origem nessas produções. Prova de que o "rebocão" não se limita aos palcos, é que visuais icônicos, como os do clã Kardashian-Jenner, seguem os princípios das makes drag — um exemplo clássico são os lábios carnudos e preenchidos.

Gherald George Almeida, 28 anos, dá vida a Raykka Rica. O designer começou por influência do programa RuPaul's Drag Race, um concurso coloridíssimo em que as concorrentes disputam o título de Drag Queen Superstar, que ele acompanhava fielmente. "Acredito que o reality tenha sido responsável por disseminar a cultura drag pelo mundo", aponta. Ele já conhecia personagens drags da tevê, como a famosa Vera Verão, do programa A Praça é Nossa, mas RuPaul's foi o primeiro contato que teve já com consciência da arte drag e transformista.

Gherald George Almeida capricha na make para dar vida a Raykka Rica
Gherald George Almeida capricha na make para dar vida a Raykka Rica (foto: Victor Diniz (@vctrdnz))

"Fui ficando cada vez mais curioso. Já conhecia algumas boates do estilo e decidi, finalmente, participar de uma oficina de iniciação drag. Fui reproduzindo e criando as técnicas para me montar e, hoje, vejo que me faz bem", conta. À época, ele e oito rapazes se reuniram para começar no mundo drag, montando-se com figurino e makes extravagantes para performar.

O assunto maquiagem foi a primeira coisa que Gherald quis aprender e aprimorar e, até hoje, é um dos favoritos. Ele define a maquiagem drag como pura arte, sem rótulos, sem padrões. "Temos drags barbadas, outras que não seguem o padrão de make social." O importante, para Gherald, é a possibilidade de compartilhar conhecimento no meio.

Meio, inclusive, que vem ressignificando o uso da maquiagem. Tendências do mundo da beleza vêm pegando carona na arte transformista e democratizando cores, brilho, estereótipos femininos reforçados e propostas chamativas. E isso em qualquer um! "Hoje, homens héteros se maquiam, e enxergamos isso com normalidade, o que era improvável anos atrás. Várias técnicas também têm sido difundidas graças à arte drag. Veja que as cores já eram usadas nos anos 1980 e 1990, mas, agora, aparecem em makes glamourosas, com sombras trabalhadas e olhos elaborados", observa.

Gherald gosta de reproduzir maquiagens, ficar por dentro de segredinhos, aprender de tudo um pouco. Mas não nega: algumas características marcam o próprio estilo: Raykka não é fã de uma estética tão feminina a ponto de o visual ficar romântico, aposta em muitas cores, capricha no contorno — gosta de realçar bastante o do nariz — e sempre aplica iluminador, principalmente acima das maçãs do rosto e abaixo da sobrancelha.

Para a vida, Raykka destaca que se maquiar é uma arte, sem certo ou errado. "De preparar a pele a passar um batom, tudo é uma experiência." Sob essa perspectiva, ela entende que a make pode não ser apropriada para uma ou outra situação, mas isso não faz dela errada. "Prática também é tudo. Treine um pouco de cada técnica para conseguir fazer vários looks, de tudo um pouco. Assista a tutoriais, pegue dicas da internet e com outras pessoas. Treinando, você consegue exercitar melhor essa expressão artística", indica.

Dica de Larissa

  • Sabe aquela corzinha saudável no rosto sem pesar? Larissa consegue o efeito com o blush líquido Color Bloom, do e-commerce SheGlam (R$ 27,95)

Dica de Raykka Rica

  • Ela usa três tons de base para chegar ao tom perfeito — A cor natural, um tom mais claro para realce e um tom mais escuro para contornos. Depois, é só selar com pó.
  • Um dos truques de Raykka é usar cola em bastão para cobrir as sobrancelhas e, assim, fixá-las antes de desenhar com lápis, sombra ou gel.
  • Não pode faltar: base líquida de alta cobertura Chill, da Catherine Hill (R$ 59,90) 

Do palco para a vida

A maquiagem, com sua gama variada de cores, pincéis e técnicas sempre chamou a atenção de Izabela Souza, 19 anos. A maquiadora artística, que nasceu em uma era conectada, admira arte de todo tipo desde cedo, mas começou a se maquiar inspirada por tutoriais disponíveis na internet e em blogueiras e personalidades que compartilham dicas e produzem conteúdo voltado para beleza.

 

 04/01/2022 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasilia - DF - Revista -  Maquagens. A maquiadora Izabela Almeida Sousa (cabelo curto) com a modelo Isabele Nascimento Tolentino.
04/01/2022 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasilia - DF - Revista - Maquagens. A maquiadora Izabela Almeida Sousa (cabelo curto) com a modelo Isabele Nascimento Tolentino. (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Izabela conta que começou fazendo o básico, usando rímel, corretivo e pequenos testes, apenas para ocasiões sociais e eventos, de acordo com o que tinha aprendido e com sua própria intuição, quando não sabia o método correto ou não tinha o produto necessário. No entanto, foi no teatro que frequenta que teve as primeiras experiências maquiando terceiros.

Na época, o teatro precisava de uma maquiadora para, além dos figurinos, dar vida aos personagens. Por isso, mesmo não sendo profissional ainda, Izabela se ofereceu para suprir a necessidade do espetáculo e conta que, nesse dia, sua visão e relação com a maquiagem mudou. "Eu percebi que a maquiagem é muito mais do que só passar algo na cara para ficar mais bonita. É também uma parte artística, em que a gente pode se transformar em vários personagens, colocar a personalidade em evidência", relata.

Ela complementa que, após maquiar os colegas de palco, percebeu que a mudança física alterou o ânimo e o engajamento deles e os auxiliou a entrar no papel teatral. "Para mim, a maquiagem é uma forma de arte, na qual é possível expressar diversas características, assim como as roupas". A partir da experiência, ela começou a fazer maquiagem artística de forma informal e consumir cada vez mais esse conteúdo em diversos veículos, como no programa televisivo Glow Up, que conta com a participação de maquiadores novatos.

Nas redes, consome o conteúdo de personalidades como Vitor Nogueira, maquiador profissional e youtuber que Izabela conheceu por ser o responsável pela maquiagem da cantora Gloria Groove no videoclipe A queda. Conta que sempre observa as composições de cores e formatos em filmes a que assiste, além de, claro, outras peças e referências conhecidas e icônicas.

Profissão

Com o desejo de se profissionalizar e ampliar seu repertório, Izabela fez um curso de maquiagem, em que aprendeu mais sobre técnicas e meios de atingir texturas, gradientes e formatos. Lá, percebeu que "fazia muita coisa do jeito errado", como a aplicação de um produto, o clown, muito utilizado na maquiagem artística. Ela conta que não ter o conhecimento técnico antes do curso impactava no resultado final, interferindo no acabamento e na durabilidade da maquiagem.

No entanto, ela reforça que não é preciso ter um curso ou produtos caros para curtir e usar maquiagem, pois é possível transformar o ato de se colorir em um momento de simples diversão e relaxamento. Com as redes sociais, tendências e tutoriais, há uma popularização de conhecimentos do tipo "faça você mesmo", que podem ser a porta de entrada para quem já tem interesse. Além disso, Izabela recomenda a prática, pois, mesmo que pareça clichê, é um modo de ir descobrindo novas possibilidades.

Destaque do cotidiano

A maquiagem tem o poder de ser o ponto principal em algum evento. Apesar disso, Luiza Amaro, maquiadora profissional, defende que pode ser um ato corriqueiro que vai muito além de apenas corrigir uma olheira ou espinha indesejadas. Pode ser um momento de valorizar seus traços e de ter autonomia, de escolher uma cor nova todos os dias, assim como ocorre com o vestuário e os acessórios.

 

 2022. Revista. Para Luiza Amaro, a automaquiagem transforma a rotina
2022. Revista. Para Luiza Amaro, a automaquiagem transforma a rotina (foto: Arquivo Pessoal. )

Nascida em Varginha, Minas Gerais, ela conta que a maquiagem entrou na vida dela como forma de lazer e um momento de reunir amigas. Desde a época em que vivia na cidade mineira, ela afirma que a parte mais gratificante do trabalho era poder acompanhar a forma como as pessoas se sentiam, vê-las se observando com outros olhos. Na adolescência, como tinha o costume de maquiar as amigas e conhecidas para festas, começou a ser procurada por cada vez mais pessoas, chegando ao ponto de não conseguir absorver toda a demanda. Luiza começou a cobrar pelo trabalho e, com o tempo, percebeu que maquiar era uma paixão, e não apenas um lazer.

Após finalizar os estudos, decidiu partir para a cidade de São Paulo, onde sabia que teria melhores oportunidades no meio. Correu atrás dos sonhos e, logo no primeiro semestre do curso de estética e cosmetologia na Universidade Anhembi Morumbi, começou a trabalhar em um salão renomado da cidade e fazer de sua paixão um trabalho. Depois de anos trabalhando no meio e tendo feito parte da produção de diversas maquiagens, ainda sente muito orgulho e alegria por cada pessoa que passa por ela. O famoso clichê de trabalhar com o que ama facilitar o dia a dia é real para Luiza Amaro.

Influência e comunidade

Apesar de ter ficado conhecida nas redes sociais por seu trabalho impecável, ela sempre encoraja todos a se maquiarem. E, com o objetivo de levar a automaquiagem e a liberdade para cada vez mais pessoas, ela lançou um curso on-line que visa ensinar a se maquiar com qualidade e agilidade para a rotina, pois percebe que esses dois pontos são importantes para ela, que possui uma vida corrida e muitas demandas. O curso conta com dicas e truques que ela desenvolveu com o passar dos anos e que interessam seus seguidores no Instagram todas as vezes que compartilha.

Pelo Instagram (@luizaamarop), tem o hábito de postar tutoriais e técnicas úteis para iniciantes desde que criou o perfil, com isso, acabou conquistando mais de 27 mil seguidores na rede, que acompanham o trabalho e se interessam pelo conteúdo. "Geralmente, os tutoriais de manhã, que faço nos stories, são bem rápidos e práticos para realmente dar dicas funcionais para as pessoas e não uma coisa superdiferentona, só porque eu sou maquiadora", explica Luiza.

Maquiagens icônicas

  • Brigitte Bardot

O delineador gatinho icônico de Brigitte Bardot
O delineador gatinho icônico de Brigitte Bardot (foto: Fotos: Instagram/Reprodução)

  • Secos e molhados

O grupo Secos e Molhados, liderado por Ney Matogrosso, foi um dos pioneiros em maquiagem artística para homens
O grupo Secos e Molhados, liderado por Ney Matogrosso, foi um dos pioneiros em maquiagem artística para homens (foto: Secos e Molhados/Divulgacao)

  • Kardashian-Jenner

Contorno bem marcado e bocão: marca registrada de Kylie Jenner e Kim Kardashian
Contorno bem marcado e bocão: marca registrada de Kylie Jenner e Kim Kardashian (foto: Instagram/Reprodução)

Contorno bem marcado e bocão: marca registrada de Kylie Jenner e Kim Kardashian
Contorno bem marcado e bocão: marca registrada de Kylie Jenner e Kim Kardashian (foto: Instagram/Reprodução)

  • Euphoria

Na série Euphoria, as makes estão sempre em destaque. Muitos delineadores, pedrarias e as famosas lágrimas de glitter
Na série Euphoria, as makes estão sempre em destaque. Muitos delineadores, pedrarias e as famosas lágrimas de glitter (foto: HBO/Divulgação)

*Estagiária sob a supervisão de Sibele Negromonte

  • Dica da Larissa Passos
    Dica da Larissa Passos Foto: Shein/Divulgação
  • Gherald George Almeida capricha na make para dar vida a Raykka Rica
    Gherald George Almeida capricha na make para dar vida a Raykka Rica Foto: Victor Diniz (@vctrdnz)
  • Gherald 
George Almeida capricha na make para 
dar vida a Raykka Rica
    Gherald George Almeida capricha na make para dar vida a Raykka Rica Foto: Victor Diniz (@vctrdnz)
  • Dica da Raykka Rica
    Dica da Raykka Rica Foto: Catherine Hill/Divulgação
  • Larissa Passos fica até mais relaxada quando se maquia.  O visual favorito dela é pele bem iluminada com blush natural
    Larissa Passos fica até mais relaxada quando se maquia. O visual favorito dela é pele bem iluminada com blush natural Foto: Arquivo pessoal
  •  2022. Revista. Para Luiza Amaro, a automaquiagem transforma a rotina
    2022. Revista. Para Luiza Amaro, a automaquiagem transforma a rotina Foto: Arquivo Pessoal.
  •  04/01/2022 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasilia - DF - Revista -  Maquagens. A maquiadora Izabela Almeida Sousa (cabelo curto) com a modelo Isabele Nascimento Tolentino.
    04/01/2022 Crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press. Brasil. Brasilia - DF - Revista - Maquagens. A maquiadora Izabela Almeida Sousa (cabelo curto) com a modelo Isabele Nascimento Tolentino. Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
  • O delineador gatinho icônico de Brigitte Bardot
    O delineador gatinho icônico de Brigitte Bardot Foto: Fotos: Instagram/Reprodução
  • O grupo Secos e Molhados, liderado por Ney Matogrosso, foi um dos pioneiros em maquiagem artística para homens
    O grupo Secos e Molhados, liderado por Ney Matogrosso, foi um dos pioneiros em maquiagem artística para homens Foto: Secos e Molhados/Divulgacao
  • Contorno bem marcado e bocão: marca registrada de Kylie Jenner e Kim Kardashian
    Contorno bem marcado e bocão: marca registrada de Kylie Jenner e Kim Kardashian Foto: Instagram/Reprodução
  • Contorno bem marcado e bocão: marca registrada de Kylie Jenner e Kim Kardashian
    Contorno bem marcado e bocão: marca registrada de Kylie Jenner e Kim Kardashian Foto: Instagram/Reprodução
  • Na série Euphoria, as makes estão sempre em destaque. Muitos delineadores, pedrarias e as famosas lágrimas de glitter
    Na série Euphoria, as makes estão sempre em destaque. Muitos delineadores, pedrarias e as famosas lágrimas de glitter Foto: HBO/Divulgação
  • Na série Euphoria, as makes estão sempre em destaque. Muitos delineadores, pedrarias e as famosas lágrimas de glitter
    Na série Euphoria, as makes estão sempre em destaque. Muitos delineadores, pedrarias e as famosas lágrimas de glitter Foto: HBO/Divulgação
  • Larissa Passos fica até mais relaxada quando se maquia. 
O visual favorito dela é pele bem iluminada com blush natural
    Larissa Passos fica até mais relaxada quando se maquia. O visual favorito dela é pele bem iluminada com blush natural Foto: Arquivo pessoal
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE