Publicidade

Correio Braziliense

Três envolvidos no latrocínio de motorista de app continuarão presos

A decisão ocorreu durante audiência de custódia, realizada no fim da manhã desta sexta-feira (24/1). A Justiça transformou a prisão em flagrante em preventiva


postado em 24/01/2020 13:12 / atualizado em 24/01/2020 13:57

Maurício Sodré foi assassinado na madrugada de quinta-feira (23), em área rural da Granja do Torto(foto: Arquivo pessoal)
Maurício Sodré foi assassinado na madrugada de quinta-feira (23), em área rural da Granja do Torto (foto: Arquivo pessoal)
Os três homens acusados do latrocínio do motorista de transporte por aplicativo Maurício Cuquejo Sodré, 29 anos, continuarão detidos até o julgamento. A Justiça transformou a prisão em flagrante dos suspeitos, realizada na quinta-feira (23/1), em preventiva. A decisão ocorreu durante audiência de custódia, realizada nesta sexta-feira (24).

Maurício Sodré foi assassinado na madrugada de quinta-feira (23), em área rural da Granja do Torto. Ele morreu após levar diversas facadas na parte de trás da cabeça, no pescoço e na face. Ferimentos na mão direita e o braço esquerdo indicam que a vítima tentou se defender das agressões.

O trio confessou o crime na 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), que ficou responsável pela investigação. Eles afirmaram que cometeram o latrocínio porque queriam mais dinheiro para consumir drogas e álcool. O grupo levou cerca de R$ 100 e o celular da vítima.

Um quarto envolvido, um adolescente, também acabou apreendido na tarde de quinta-feira, na mesma cidade dos demais. Por ser menor de 18 anos, ele teve de ser escutado na Delegacia da Criança e do Adolescente 1 (Asa Norte).

Com todos os supostos envolvidos detidos, agentes da 2ª DP trabalham para conseguir provas materiais de autoria. Eles procuram imagens de câmeras de segurança próximas ao local do crime, assim como na Asa Norte, de onde o motorista saiu para atender o chamado na Granja do Torto.

O veículo de Maurício também passa por perícia no Instituto de Identificação. A análise minuciosa é realizada para encontrar vestígios do assassinato, assim como das digitais dos suspeitos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade