Clima

Brasil terá recorde de calor até sexta, alerta empresa de meteorologia

De acordo com a MetSul, as temperaturas em muitas cidades podem passar dos 40ºC

Thays Martins
postado em 28/09/2020 21:16 / atualizado em 28/09/2020 22:16
 (crédito: ED ALVES/CB/D.A Press)
(crédito: ED ALVES/CB/D.A Press)

A empresa de meteorologia MetSul emitiu um alerta, nesta segunda-feira (28/9), de um episódio de calor histórico que atingirá o Brasil esta semana. A previsão é de temperaturas acima dos 40°C nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste. Em alguns lugares, os registros podem chegar a 45ºC. As temperaturas mais altas são esperadas para quinta (1º/10) e sexta-feira (2/10).

De acordo com a MetSul, é possível que em algumas cidades sejam atingidos recordes de temperaturas da década, inclusive em São Paulo. E os índices históricos já começaram. Nesta segunda, Belo Horizonte bateu o recorde de dia mais quente para o mês de setembro, desde 1910, de acordo com o Climatempo. A temperatura máxima chegou aos 36,5°C. 

A empresa explicou que este calor todo é devido a uma massa de ar seco que cobre o país já há algumas semanas. Trata-se de uma gigante bolha de ar quente, uma cúpula de calor (heat dome em inglês), em que uma área de alta pressão em altitude gera movimentos de subsidência (descendente) na atmosfera com calor extremo e tempo muito seco.

O Climatempo também alertou para uma intensa onda de calor, com temperaturas entre 37°C e 43°C, para os estados de Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás. Rondônia, Acre, Amazonas, Pará, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Pernambuco, Bahia, além do Distrito Federal.

Nesta segunda-feira (28/9), a Defesa Civil do Distrito Federal emitiu estado de alerta por cinco dias devido à baixa umidade do ar na capital.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação