CRIME

Homem é preso em Planaltina acusado de filmar genitálias de crianças

A prática criminosa foi descoberta quando uma das famílias das vítimas encontrou o celular de Amilton e viu as imagens

Talita de Souza
postado em 11/11/2021 20:26
 (crédito: PCGO/Divulgação)
(crédito: PCGO/Divulgação)

A Polícia Civil de Planaltina de Goiás prendeu, nesta quinta-feira (11/11), um homem acusado de fotografar e filmar órgãos genitais de crianças. As vítimas, todas meninas, eram parentes ou filhas de amigas do homem e foram filmadas em momentos de descontração, como em brincadeiras ou em atividades rotineiras. Nos registros feitos por um celular, o suspeito sempre focava nas genitálias.

De acordo com o delegado Thiago César de Oliveira, há alguns vídeos em que o homem, Amilton Rodrigues Silva, filmou escondido o banho de algumas crianças. “Possivelmente, era para satisfação pessoal, mas não podemos descartar se ele divulgava ou repassava as imagens”, explica o policial.

A prática criminosa foi descoberta quando uma das famílias das vítimas encontrou o celular de Amilton e viu as imagens. A Polícia foi acionada e o homem confessou o crime. “Ele mantinha a prática há pelo menos um ano”, conta o delegado. A corporação ainda desconfia que outras crianças podem ter sido vítimas das filmagens após constatar que o suspeito deletou arquivos do celular.

Amilton segue preso na cadeia de Planaltina de Goiás e após a conclusão do inquérito será indiciado pelo crime de “produzir, reproduzir, fotografar, filmar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente”, agravada da pena de 4 a 8 anos de prisão por “prevelecer de relações domésticas ou de parentesco”, conforme previsto no artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE