Violência

Jovem atira no ex-companheiro da irmã, que a agrediu por ciúmes

Homem não gostou de ver a ex-companheira com outro homem, mas acabou baleado duas vezes pelo irmão dela; caso ocorreu no Morro do Papagaio

Ivan Drummond - Estado de Minas
postado em 22/11/2021 18:36
 (crédito: Google maps/reprodução)
(crédito: Google maps/reprodução)

Os ciúmes da ex-companheira teria sido o motivo de uma agressão a uma mulher, de 25 anos e à tentativa de homicídio de um homem, de 26 anos, nas primeiras horas da manhã deste domingo (21/11), no Beco Montes Claros, no Morro do Papagaio, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Segundo testemunhas, a mulher estava em um bar na companhia de outro homem, que seria seu novo namorado, e um grupo de amigos, quando o ex-companheiro chegou. O homem não gostou da cena e partiu para cima da mulher e a agrediu com vários tapas na cara.

A mulher conseguiu se desvencilhar, deixando o bar. Foi até sua casa e contou para o irmão, de 18 anos, que tinha sido agredida pelo ex-companheiro. O jovem pegou uma arma e foi até o bar, desferindo dois tiros no ex-companheiro da irmã. As balas atingiram o homem na axila e na coxa esquerdas.

Em seguida, o jovem fugiu. Quando os policiais militares chegaram ao local, foram até a casa da mulher. A mãe permitiu a entrada dos policiais na casa, mas disse que os filhos não estavam lá. Num dos quartos, que estava com a porta fechada, os policiais encontraram os irmãos, que foram presos.

Antes da prisão, eles disseram que passaram a noite na casa, no entanto, a mãe deles negou e falou que os filhos passaram a noite fora. O homem ferido foi levado para o Hospital Pronto Socorro João XXIII, onde passou por cirurgia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE