tragédia climática no sul

"Orgulho", diz filho ao ver pai chegando embaixo de chuva com cesta básica no RS

"Meu pai ganhou uma cesta básica e vem caminhando com ela nas costas. Não tem guarda-chuva, não tem nada, mas dá pra ter orgulho de um pai assim", diz a criança

Criança reconhece o esforço do pai por carregar os mantimentos recebidos debaixo de chuva -  (crédito: Reprodução/TikTok/@altair.pape)
Criança reconhece o esforço do pai por carregar os mantimentos recebidos debaixo de chuva - (crédito: Reprodução/TikTok/@altair.pape)

Em meio a tragédia climática que atinge o Rio Grande do Sul, cenas de solidariedade e gratidão servem como um alento. O vídeo de uma criança observando o pai chegando com uma cesta básica no município gaúcho Agudo comoveu a internet e ultrapassou 1 milhão de visualizações. No registro, publicado na segunda-feira (13/5), o menino reconhece o esforço do pai, identificado como Altair Fernando, por carregar os mantimentos recebidos debaixo de chuva.

"Meu pai ganhou uma cesta básica e vem caminhando com ela nas costas. Não tem guarda-chuva, não tem nada, mas dá pra ter orgulho de um pai assim. Vem debaixo de chuva, isso sim que é pai", diz a criança.

@altair.pape

doe oque puder será bem vindo o Rio grande do sul está precisando ????????

? som original - a neco

Em seguida, Altair agradece as doações recebidas. "O pessoal que está doando está de parabéns, porque está ajudando muita gente. Ajude o Rio Grande do Sul quem puder ajudar", afirma o pai.

No TikTok, a família, composta pelo pai, mãe e dois filhos, mostra a rotina com simplicidade e humor, e também o impacto causados pelas chuvas no município de Agudo. O perfil de Altair conta com mais de 138 mil seguidores e os vídeos somam milhões de visualizações.

Município de Agudo

Agudo é um pequeno municipio localizado em uma região montanhosa na área central do Rio Grande do Sul, com pouco mais de 10 mil habitantes. Segundo a prefeitura, em poucos dias choveu 120 milimetros na cidade, provocando alagamentos e destruição. As aulas foram suspensas e a prefeitura disponibilizou o saque emergencial de calamidade para os atingidos. 


Enchentes no Rio Grande do Sul

Segundo a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, 149 pessoas morreram, 806 ficaram feridas e 112 seguem desaparecidas por causa das chuvas e inundações que assolam o estado gaúcho. Ao todo, 2.124.553 de pessoas foram afetadas, 79.494 foram encaminhadas a abrigos públicos e 538.245 estão desalojadas.

 

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

postado em 15/05/2024 08:19
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação