CONECTIVIDADE

Estrutural ganha três pontos de acesso gratuito a internet sem fio

Meta do Executivo local é levar o programa para todas as regiões administrativas e estações de metrô até 2021. Além dos pontos de internet, cidade recebeu uma lan house social

Correio Braziliense
postado em 03/12/2020 21:16 / atualizado em 04/12/2020 10:18
 (crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
(crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A Estrutural recebeu, nesta quinta-feira (3/12), o Projeto Wi-Fi Social, desenvolvido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti-DF). A iniciativa permitirá o acesso gratuito à internet pela população que estiver em um raio de 1km da Feira Permanente, da Avenida Central ou do terminal rodoviário da cidade.

A rede de internet sem fio inaugurada na cidade será a primeira a cobrir uma rua ou avenida. Além da liberação da conexão, a cidade ganhou uma lan house social, que disponibilizará computadores para a população.

O objetivo da iniciativa, segundo a Secti-DF, é promover a inclusão digital e social da população do Distrito Federal. Durante o evento de lançamento, participaram o chefe da pasta, Gilvan Máximo, e o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes.

Projeto wi-fi social

Lançado em 2019 pela Secti-DF, o projeto contabiliza, atualmente, mais de 32 milhões de acessos. O secretário Gilvan Máximo prevê que o próximo passo será levar a iniciativa a todas as estações do Metrô-DF e regiões administrativas até 2021. "A meta do GDF é ter 200 pontos fixos com internet gratuita até o fim da atual gestão. E é wi-fi de alta qualidade, que faz até chamada de vídeo", disse.

Até o momento, houve inauguração de pontos em cerca de 55 lugares, como na Estação Central do Metrô-DF, na Feira de Ceilândia, no Terminal Rodoviário de Planaltina e na Administração Regional do Itapoã.

Com informações da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Distrito Federal (Secti-DF)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE