Saúde

Unidade de Queimados do Hran fez mais de 9 mil atendimentos em 2020

Dos internados, 52 pacientes da Ala de Queimados em 2020 foram vítimas de queimadura com álcool

Correio Braziliense
postado em 28/01/2021 10:17
A unidade é referência no tratamento de queimados no Centro-Oeste -  (crédito: Breno Esaki/Agência Saúde)
A unidade é referência no tratamento de queimados no Centro-Oeste - (crédito: Breno Esaki/Agência Saúde)

Referência no atendimento a queimaduras no Distrito Federal e região Centro-Oeste, a Unidade de Queimados do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) realizou, somente em 2020, um total de 9.644 atendimentos a pacientes com queimaduras. Dos internados, 52 pacientes da Ala de Queimados em 2020 foram vítimas de queimadura com álcool.

Mesmo com os outros setores do Hran atendendo somente pacientes com Covid-19, a continuidade no funcionamento possibilitou manter os atendimentos. Uma das preocupações, oriunda da pandemia, foram os acidentes com álcool, tendo em vista que toda a população começou a utilizar o insumo em maior quantidade. “Apesar de não ter como identificar se a queimadura foi causada com álcool em gel ou álcool a 70° ou 46°”, esclarece o chefe da Unidade de Queimados do Hran, Gilberto de Aguiar.

Foram 2.132 consultas de pessoas com queimaduras no pronto-socorro do hospital. Além disso, 4.917 atendimentos de consultas e curativos no Ambulatório de Queimados, 315 internações na enfermaria da Unidade de Queimados, 1.640 banhos com sedação e 640 cirurgias (debridamento, enxertos e retalhos) em pacientes queimados.

De acordo com Gilberto, manter o atendimento aos casos de queimaduras foi essencial. “Os acidentes com vítimas de queimaduras continuaram a acontecer durante a pandemia, sem o funcionamento deste serviço os pacientes teriam que ser encaminhados para outras regiões que fazem atendimento público, pois muitos casos são graves e poderiam levar estes pacientes a óbito”, explica.

Assistência

Para ter atendimento na unidade, em caso de emergência, o cidadão deve procurar o pronto-socorro do Hran onde será avaliado e internado, caso seja necessário, ou acompanhado pela equipe do ambulatório. Os pacientes internados recebem o tratamento no terceiro andar.

A Emergência do Hran funciona 24 horas, todos os dias da semana. Além disso, há o ambulatório de portas abertas, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, onde são realizadas trocas de curativos e acompanhamento de pacientes com queimaduras menos graves.

No final de julho de 2020 foi inaugurada uma Sala de Farmácia Clínica na Unidade de Queimados, localizada no terceiro andar do Hran. O objetivo da iniciativa foi levar para mais próximo da equipe multidisciplinar e dos internados todo o suporte farmacêutico necessário para a terapia medicamentosa, aumentando a segurança dos pacientes.

No caso específico dos pacientes tratados na unidade, os farmacêuticos também podem contribuir orientando a equipe de saúde sobre as melhores formas de administrar os medicamentos nos que tiveram grande parte do corpo comprometida com queimaduras.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE