PANDEMIA

Feriado de Corpus Christi é marcado por aglomerações no DF

Durante o Corpus Christi, muitos brasilienses saíram de casa. Além do grande número de pessoas, era possível identificar o uso indevido ou a falta de máscaras, item obrigatório nas vias públicas e locais como a Orla da Ponte JK

Samara Schwingel
postado em 04/06/2021 06:00
Pessoas se aglomeraram na Orla da Ponte JK durante o dia de Corpus Christi. Muitos estavam sem máscaras -  (crédito: Carlos Vieira/CB/D.A Press                         )
Pessoas se aglomeraram na Orla da Ponte JK durante o dia de Corpus Christi. Muitos estavam sem máscaras - (crédito: Carlos Vieira/CB/D.A Press )

Os brasilienses aproveitaram o ponto facultativo de Corpus Christi para curtir o ar livre em alguns pontos do Distrito Federal. Porém, como muita gente teve a mesma ideia, aglomerações, não recomendadas em tempos de pandemia, se formaram em vários pontos. Além disso, era possível identificar o uso incorreto ou a falta de máscaras, item obrigatório nas vias públicas. O Correio esteve na Orla da Ponte JK e no Parque da Cidade e verificou o desrespeito às normas de combate ao novo coronavírus.

Na orla da ponte, por volta das 16h de ontem, havia muitos grupos de pessoas. Alguns mantinham um distanciamento razoável entre si, mas muitas pessoas estavam sem máscaras. Em várias situações, o item de proteção não estava nem ao alcance do cidadão ou à vista de quem passava. No Parque da Cidade, a quantidade de pessoas também era grande. No entanto, foi possível identificar que a maioria respeitava o uso da máscara, apesar de ser possível observar algumas que não utilizavam a proteção.

No DF, o uso de máscaras é obrigatório até que a pandemia de covid-19 esteja controlada, conforme Decreto 40.831/20. O descumprimento da regra pode gerar multa de R$ 2 mil a R$ 4 mil. Segundo a Secretaria de Saúde, o uso do acessório diminui as chances de proliferação e transmissão do vírus entre as pessoas. Por esse motivo, desde março do ano passado, o governo local fiscaliza o uso do equipamento de proteção respiratória.

A Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal (DF Legal) é a pasta responsável pela fiscalização do cumprimento das normas sanitárias de enfrentamento à covid-19. Além do uso da máscara e das aglomerações, a secretaria vistoria o respeito ao toque de recolher e do horário limite de funcionamento dos estabelecimentos comerciais.

De acordo com o último balanço divulgado pela pasta, o DF Legal realizou mais de 1,5 milhão de vistorias na capital federal. Com mais de um ano do início da operação, foram aplicadas 1.907 multas e 2.950 estabelecimentos foram interditados. Desde o início da fiscalização, houve mais de 80 mil abordagens a cidadãos por descumprimento do uso de máscara, tendo sido registradas 427 autuações. As equipes de operações da DF Legal atuam das 8h às 2h da manhã e contam com 10 grupos divididos em turnos, de segunda-feira a domingo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE