Tóxico

Funcionários de cooperativa no SIA passam mal em triagem de recicláveis

Nove funcionários sentiram mal estar durante a separação de produtos. Um deles foi levado ao Hospital Regional do Guará para atendimento médico

Edis Henrique Peres
postado em 23/06/2021 22:13
 (crédito: Divulgação/CBMDF)
(crédito: Divulgação/CBMDF)

Uma equipe especializada em produtos perigosos isolou uma cooperativa de reciclagem no Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA), após nove funcionários passarem mal. Segundo o relato dos catadores, eles separavam o material reciclável na esteira de triagem quando começaram a sentir os sintomas.

Após o manuseio de um produto de textura granulada e branca, que exalava um cheiro similar ao do gás de cozinha (Gás Liquefeito de Petróleo — GLP), nove dos 35 funcionários relataram forte dores de cabeça, tosses e ardências nas vias aéreas e náuseas.

Os funcionários foram avaliados e um deles, com sintomas mais intensos, foi levado para o Hospital Regional do Guará para receber acompanhamento médico. O ambiente ficará isolado até que a equipe técnica possa identificar o produto.

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atendeu a ocorrência com quatro viaturas e dezoito militares.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE