Pandemia

Covid-19: DF registra menor número de mortes desde início do mês

Secretaria de Saúde do Distrito Federal registrou oito mortes pela doença nesta quarta-feira (21/7), com total de 9.509 óbitos. Segundo a pasta, o DF ultrapassou os 443 mil casos

Pedro Marra
postado em 21/07/2021 20:09 / atualizado em 21/07/2021 21:36
 (crédito: Minervino Junior/ CB DA Press)
(crédito: Minervino Junior/ CB DA Press)

O Distrito Federal registrou, nesta quarta-feira (21/7), oito mortes em decorrência de complicações da covid-19. Esse foi o menor número de óbitos notificados pela Secretaria de Saúde desde 5 de julho, quando a pasta também confirmou oito vidas perdidas. Seis homens e duas mulheres estão entre as últimas vítimas. O total de óbitos passou de 9,5 mil.

Com mais 577 novos casos, a capital passou de 443 mil pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus. Dessas, 427 mil se recuperaram. Assim como nessa terça-feira (20/7), a taxa de transmissão da covid-19 segue em 0,97. Isso significa que cada 100 pessoas infectadas podem contaminar outras 97. A letalidade do Distrito Federal é de 2,2%, enquanto a taxa de mortalidade é de 284,7 por 100 mil habitantes.

A média móvel de mortes desta quarta-feira ficou em 12,71, uma queda de 24% em relação a 14 dias. Houve uma diminuição na comparação com ontem, quando o número ficou em 13,43. A mediana de casos encontra-se em 536, o que representa diminuição de 11% no mesmo período de análise. Nessa quarta-feira, o índice ficou em 548,29. 

 

Ceilândia passa de 49 mil infectados

Ceilândia passou dos 49 mil moradores contaminados pelo novo coronavírus. A cidade tem quase 1,5 mil mortes registradas pela covid-19. Enquanto isso, Taguatinga está com 926 óbitos e se aproxima das 35 mil pessoas infectadas. Em Samambaia, são 24 mil casos confirmados e 713 mortes. No Plano Piloto, há mais de 43 mil diagnósticos positivos do vírus e 643 vidas perdidas pela doença nesta crise sanitária.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE