PANDEMIA

Covid-19: DF registra 441 mil casos e mortes se aproximam de 9,5 mil

Secretaria de Saúde do DF contabilizou 517 novos registros da doença e 12 mortes neste sábado (17/7). Maior parte dos infectados está curada

Luana Patriolino
postado em 17/07/2021 20:50
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

Com 517 novas notificações em 24 horas, o Distrito Federal chegou a 441.251 casos confirmados de covid-19. As mortes na capital estão em 9.467, sendo 12 somente neste sábado (17/7). Os dados são do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do DF. A média móvel de infecções está em 572 e a de óbitos, em 13,86. Comparado ao número de 14 dias atrás, houve queda de 8% das mortes e redução de 20,89% nas ocorrências de infecção pelo novo coronavírus.

Das mortes notificadas neste sábado, uma tinha entre 20 e 29 anos; três de 30 a 39; cinco estavam na faixa dos 40 a 49 anos; uma tinha de 50 a 59; uma entre 60 e 69 anos; e uma 80 ou mais. Comorbidades foram verificadas em oito do total de vítimas. Os agravantes foram doenças cardiovasculares; distúrbios metabólicos; imunossupressão; obesidade; nefropatia; pneumopatia; e outros.

Com relação ao local de residência dos casos, 87,9% moram no DF e 7,2% são de outras unidades da Federação. A mediana de idade do total de casos confirmados é de 39 anos, e a de óbitos é de 67 anos. A letalidade do Distrito Federal é de 2,2 %, enquanto a taxa de mortalidade é de 283,4 por 100 mil habitantes. A maior letalidade está no grupo de 80 ou mais.

Em números absolutos, Ceilândia é a região administrativa com maior número de casos registrados: 48.799. Em seguida, estão Plano Piloto (42.791), Taguatinga (34.794) e Samambaia (24.691).

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE