Tempo

Mês de outubro começa com chances de chuva e umidade de 85% no DF

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o DF terá umidade relativa do ar entre 85% e 20% nesta sexta-feira (1º/10). Temperatura fica entre 17ºC e 34ºC

Pedro Marra
postado em 01/10/2021 08:05
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

O Distrito Federal começou as primeiras horas do mês de outubro com umidade relativa do ar em 85%. A mínima pode chegar a 20%, conforme prevê o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para esta sexta-feira (1º/10). A temperatura mínima registrada foi de 17ºC, na estação de Águas Emendadas, região de Planaltina. A máxima prevista é de 34ºC no DF, com o vento de intensidade fraca a moderada.

Pela manhã, o céu fica com poucas nuvens, mas no decorrer do dia, a nebulosidade cria força e tende a se intensificar, com pancadas de chuvas. É o que explica o meteorologista do Inmet, Heráclio Alves. “Normalmente (as nuvens) vêm acompanhadas de rajadas de vento, então não se descarta a chuva. No período da tarde, aumenta um pouco a umidade, mesmo com umidade baixa em alguns pontos”, explica.

O volume médio de chuva para outubro é de 159,8mm. Heráclio conta que o Inmet identificou precipitações de água em algumas regiões do DF nas últimas 24 horas.

"Nas nossas estações, entre ontem e hoje, tivemos registro de chuva nas estações do Paranoá, com 4,2mm, mas também tivemos relatos de chuva em outras localidades em Planaltina e em Ceilândia, onde teve chuva de granizo. Não temos estações nessas localidades, porém recebemos essas informações", diz o especialista.

Heráclio pondera que o tempo deve ser parecido nos próximos dias, pois ainda estamos em um período de transição de estações. “Hoje e nos próximos dias temos essa condição de tempo mais aberto com poucas nuvens, em que a nebulosidade vai se intensificando. Neste sábado, vamos ter uma condição parecida com a de hoje, com essa irregularidade das chuvas. Na segunda quinzena de outubro até o início de dezembro, as chuvas começam a ficar um pouco mais frequentes em áreas mais amplas”, conclui.

 

Estragos da chuva

Na última sexta-feira (24/9), a chuva forte causou alguns estragos na região central de Brasília após 24 dias de estiagem. Uma árvore que ficava entre o prédio do BRB Serviços e o edifício Varig, no Setor Comercial Norte, tombou com o vento.

Os galhos atingiram as vidraças do BRB, quebrando algumas delas. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), duas mulheres ficaram levemente feridas. Na Rodoviária do Plano Piloto, o teto de gesso caiu na plataforma superior e as luzes foram desligadas; não há relatos de feridos.

Em frente ao Palácio do Buriti, parte do alambrado colocado na praça, que está em reforma, tombou com a forte ventania. A região do Lago Norte ficou sem energia por aproximadamente uma hora e meia. De acordo com relatos de moradores, o apagão ocorreu por volta das 19h50.

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE