Obras

Revitalização da W3 traz transtornos para comerciantes

Obras já foram concluídas na 507, 508, 509, 510, 511 e 512 Sul; previsão é que revitalização seja finalizada até dezembro

Thays Martins
postado em 14/10/2021 15:57
 (crédito: arquivo pessoal )
(crédito: arquivo pessoal )

As obras de revitalização na avenida W3 Sul estão na reta final. Pelo menos 65% das obras já foram concluídas, mas isso não impede que a reparação também cause transtornos para os comerciantes da região. 

Na 506 Sul, Fábio Resende tomou um susto quando viu que as obras pretendiam fechar a entrada do lava jato dele com um meio fio, o que impediria que os carros pudessem ser atendidos no local. Na manhã desta quinta-feira (14/10), ele foi informado pelo chefe de obras que o meio fio seria erguido como parte do projeto. Foi então que ele teve que se desdobrar para reverter a decisão. O esforço valeu a pena e ele foi informado que agora o trecho terá uma rampa, assim como era antes da revitalização. 

"Eu teria que encerrar minha atividade, sendo que estou ali há 20 anos. Isso é inadmissível. Já ficamos fechados durante a pandemia. Tive que pegar crédito no banco. Concordo com  a revitalização, mas que ela não interfira no meu negócio. Já basta toda a poeira. Tem 42 dias que eles estão fazendo a obra", conta. 

A Secretaria de Obras informou, por meio de nota, que nenhuma loja da avenida terá o acesso prejudicado pelas obras e que alguns transtornos durante a execução são comuns. "Primeiramente, lamentamos os transtornos enfrentados por comerciantes e usuários da W3 Sul durante a execução das obras. Nós, no entanto, temos a convicção de que os benefícios serão inúmeros quando da conclusão das obras. O acesso às lojas pela W2, de fato, fica comprometida durante a construção das calçadas, mas não inacessíveis", diz. 

As obras tiveram início em abril de 2019 e contam com o investimento de R$ 24,8 milhões. Nas quadras, estão sendo  executados serviços como a reforma dos estacionamentos, nivelamento das calçadas com piso tátil e rampas, arborização, paisagismo, reforma dos becos entre os blocos, pintura, sinalização horizontal e troca da iluminação. 

De acordo com a Secretaria de Obras, as quadras 507, 508, 509, 510, 511 e 512 sul já tiveram as obras finalizadas. A previsão do Governo do Distrito Federal é que a revitalização seja finalizada até dezembro. Segundo o GDF,  mais de 200 empregos foram gerados com as obras. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE