Homenagem

Finados: confira o horário das missas nesta terça-feira (2/11)

Com a expectativa de receber 500 mil visitantes, cemitérios organizam ritos ao longo de todo o dia para fiéis que querem homenagear seus entes queridos

Cibele Moreira
Edis Henrique Peres
postado em 02/11/2021 12:58
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A. Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A. Press)

Os cemitérios do Distrito Federal abriram uma hora mais cedo nesta terça-feira (2/11) para receber os cerca de 500 mil visitantes esperados durante todo o dia deste feriado. Contudo, esta não é a única medida adotada pelos locais, que também programaram missas ao longo de todo o dia nos seis cemitérios da capital Federal. Confira os horários:

  • Cemitério de Brazlândia:
    8h — 11h — 14h — 17h
  • Cemitério da Asa Sul:
    8h — 9h30 — 11h — 12h30 — 14h — 15h30 — 17h
  • Cemitério de Taguatinga:
    8h — 9h30 — 11h — 12h30 — 4h — 15h30 — 17h
  • Cemitério do Gama:
    8h — 9h30 — 11h — 12h30 — 14h — 15h30 — 17h
  • Cemitério de Planaltina:
    8h — 9h30 — 11h — 12h30 — 14h — 15h30 —17h
  • Cemitério de Sobradinho:
    8h — 9h30 — 11h — 12h30 — 14h — 15h30 —17h

As tendas nas quais serão realizadas as celebrações terão capacidade limitada e aferição de temperatura na entrada. O controle do público será feito pela Arquidiocese de Brasília. Além disso, haverá atendimento de confissão ao longo do dia em todos os cemitérios.

Acesso de veículos

Devido ao grande número de visitantes esperados, alguns cemitérios terão a entrada de automóveis restrita. É o caso dos cemitérios de Planaltina e de Brazlândia. Já nos cemitérios da Asa Sul, Gama, Taguatinga e Sobradinho, a entrada dos veículos na área interna será permitida com autorização de vaga especial para idoso ou pessoa com deficiência emitida pelo Departamento de Trânsito (Detran-DF).

O acesso dos pedestres é livre pelos portões principais de cada unidade. No cemitério da Asa Sul, as duas entradas estão abertas (a principal e a que fica ao lado do Templo LBV). Os cemitérios da Asa Sul, Taguatinga, Gama e Sobradinho também têm um serviço de vans gratuito para fazer o transporte interno de passageiros. Ao fim de cada viagem, os veículos são higienizados.

Para quem não tem certeza do local onde está a sepultura, a administração disponibilizará mapas para auxiliar os visitantes. Também é possível tirar dúvidas com funcionários até às 18h. Todos os cemitérios aumentaram o número de terminais de atendimento. Ao todo, são 15 terminais e 26 atendentes extras para reforçar o trabalho, além dos 170 funcionários da empresa que permanecerão nas unidades durante todo o dia.

Covid-19

O uso de máscaras é obrigatório tanto dentro dos cemitérios como nas áreas abertas. Não haverá banheiros químicos nas unidades e os banheiros serão limpos com maior frequência pelos funcionários. A Campo da Esperança também orienta que cada visitante leve sua própria garrafinha com água, pois não há distribuição de copos descartáveis. Além disso, a Arquidiocese de Brasília disponibiliza álcool em gel nas administrações e tenda das missas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE