TRANSPORTE

VÍDEO: passageiros empurram ônibus quebrado no Sol Nascente

Veículo apresentou falha no dispositivo das portas durante o trajeto e precisou ser empurrado para não impedir a passagem de outros veículos

Pablo Giovanni*
postado em 03/11/2021 19:03
Segundo a viação, técnicos da empresa estiveram no local e o ônibus voltou à circulação ainda pela manhã -  (crédito: Reprodução/Redes sociais)
Segundo a viação, técnicos da empresa estiveram no local e o ônibus voltou à circulação ainda pela manhã - (crédito: Reprodução/Redes sociais)

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra, na manhã desta quarta-feira (03/11), cinco passageiros empurrando um ônibus da frota da viação São José, no Trecho III, no Sol Nascente. O ônibus ficou no meio da rua e precisou ser empurrado pelos passageiros para não impedir a passagem de outros veículos.

De acordo com a Secretaria de Transporte e Mobilidade, todos os veículos da frota pública do Distrito Federal “passam por vistorias periódicas obrigatórias e fiscalizações em campo onde são verificados diversos itens relacionados à segurança, estrutura e conforto”. A pasta ainda pontuou que, mesmo com toda fiscalização dos veículos, eles “estão sujeitos a falhas e problemas pontuais podem ocorrer”.

A viação São José informou que uma falha no dispositivo conhecido como “anjo da guarda”, que impede o deslocamento dos carros enquanto as portas estão abertas, ocasionou o problema. Segundo a viação, técnicos da empresa estiveram no local e o ônibus voltou à circulação ainda pela manhã. Questionada, a São José não informou qual linha foi afetada pela falha no ônibus.

Operação Hefesto

A Secretaria de Transporte e Mobilidade informou que iniciou a “Operação Hefesto”, que tem como foco vistoriar a disposição e o funcionamento dos equipamentos relacionados à acessibilidade universal, como elevadores, rampas, dispositivos de solicitação de desembarque, sistema de segurança para pessoas com cadeira de rodas e condições dos assentos. A pasta comunicou que essas ações estão sendo feitas durante à noite, para não atrapalhar o fluxo dos veículos.

*Estagiário sob a supervisão de Adson Boaventura

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE