PESQUISA NACIONAL

IBGE escolhe Samambaia para receber fase de testes do Censo de 2022 no DF

Região administrativa receberá 11 agentes de coleta, além de supervisores e observadores do trabalho, que atuarão nas quadras 204, 206 e 208 Norte. Área compreende, aproximadamente, 1,5 mil domicílios

Carlos Silva*
postado em 04/11/2021 20:21 / atualizado em 04/11/2021 20:23
No Brasil, 250 recenseadores vão percorrer municípios das 27 unidades federativas -  (crédito: Thais Umbelino /CB/D.A. Press.)
No Brasil, 250 recenseadores vão percorrer municípios das 27 unidades federativas - (crédito: Thais Umbelino /CB/D.A. Press.)

Samambaia foi uma das cidades escolhidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para receber os testes do Censo 2022. As atividades começaram nesta quinta-feira (4/11) e vão até o próximo dia 19. A região administrativa receberá 11 agentes de coleta, além de supervisores e observadores do trabalho, que atuarão nas quadras 204, 206 e 208 Norte. A área compreende, aproximadamente, 1,5 mil domicílios.

Administrador regional de Samambaia, Gustavo Aires destacou a importância dos levantamento elaborado pelo IBGE e lamentou o atraso para realização da pesquisa — realizada a cada 10 anos, mas postergada pelo governo federal em 2020 pela não destinação dos recursos necessários.

"Os dados demográficos são de extrema importância para o desenvolvimento de políticas públicas e para a organização dos projetos governamentais. O atraso no Censo representou um sério impacto para essas situações", avaliou Gustavo Aires, que acredita que os testes funcionarão como um "termômetro sobre o desenvolvimento populacional da cidade".

Escolha

Segundo o IBGE, 250 recenseadores percorrerão localidades pré-definidas nas 27 unidades da Federação. Durante os testes, eles cuidarão das etapas que fazem parte do Censo, como verificação dos sistemas e equipamentos usados, realização de pesquisas sobre as características dos locais visitados e aplicação de modelos mistos de entrevistas — por telefone, presencial e pela internet.

Coordenadora de divulgação do Censo no DF, Michelle Reis destacou o papel da etapa de testes para garantia do sucesso da pesquisa. "Precisamos detectar qualquer dificuldade antes da operação; por isso, fazemos testes antes do levantamento em si. É importante que tudo esteja ajustado até lá", frisou.

A analista do instituto mencionou, ainda, os critérios usados para escolha da região de Samambaia como área de início dos testes na capital federal: "Boa estrutura, densidade demográfica, centralidade e acessibilidade das quadras — próximas a pontos de ônibus e metrô". Além disso, Michelle Reise afirmou que a etapa deve gerar benefícios para Samambaia. "As vantagens podem ser o contato da população com o IBGE e a atração de olhares de todo o país para essa região do DF", observou a coordenadora.

Segurança

O IBGE enfatizou que os protocolos sanitários contra a covid-19 serão obedecidos e que os dados fornecidos pelos moradores da região administrativa serão mantidos em segurança. Além disso, o Censo 2022 será totalmente informatizado, desde a fase de contratação dos recenseadores até o armazenamento dos dados em nuvem.

Entre outras novidades está o uso de dispositivos móveis de coleta (DMCs) e de formulários on-line para que a população também participe do Censo pela internet. A pesquisa começa, oficialmente, em junho de 2022, e vai abranger todos os domicílios do país.

*Estagiário sob supervisão de Jéssica Eufrásio

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE