TRÂNSITO

Cratera na Chapada: estrada de terra usada como desvio receberá melhorias

Obras na rota alternativa devem ser concluídas em três semanas, segundo órgão responsável pela GO-118. Percurso por estrada de terra exige atenção dos motoristas

Samara Schwingel
Ana Isabel Mansur
Pedro Marra
postado em 28/12/2021 19:19
Moradores da região relataram à reportagem que maquinários estiveram na estrada de terra nesta terça-feira (28/12) para ajustes preliminares -  (crédito: Arquivo pessoal)
Moradores da região relataram à reportagem que maquinários estiveram na estrada de terra nesta terça-feira (28/12) para ajustes preliminares - (crédito: Arquivo pessoal)

As obras de melhorias no desvio da GO-118, rodovia interditada devido a uma cratera, devem ter início ainda nesta semana. A previsão da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), responsável pela via, é de que a trafegabilidade na rota alternativa esteja garantida três semanas após o início das obras — “se as condições climáticas estiverem favoráveis”, reforçou a agência, em nota enviada ao Correio.

Moradores da região relataram à reportagem que maquinários estiveram na estrada de terra nesta terça-feira (28/12) para ajustes preliminares. Enquanto isso, a população dos municípios afetados pela interdição da passagem teme pela economia local, pois afirma que a rota alternativa não tem condições de ser utilizada. Guias turísticos da Chapada dos Veadeiros, porém, garantem que o caminho pode ser percorrido tranquilamente. Uma base do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás foi montada provisoriamente em Cavalcante.

O desvio, que tem cerca de 83 km a mais do que a rota comum, conta com uma estrada não pavimentada. Por isso, será feita uma elevação da pista e granitação da área. Para acessar a rota alternativa, os motoristas devem sair de Alto Paraíso pela GO-239 e seguir até Colinas do Sul. De lá, é preciso acessar a GO-132 e sair à direita na via que dá acesso a Cavalcante e aos demais municípios da região da Chapada dos Veadeiros.

Relembre

Segundo a agência, a GO-118 está totalmente interditada desde Alto Paraíso, para que não haja riscos de motoristas se dirigirem para o local. A Goinfra informou que providencia a sinalização com placas em uma extensão de 30km. A erosão surgiu no local na última sexta-feira, véspera de Natal.

Desde então, moradores e comerciantes de Teresina de Goiás e Cavalcante estão isolados e esperam por uma solução. O caminho original entre os municípios e Alto Paraíso está interditado. O acesso de Brasília a outros locais da Chapada dos Veadeiros, como São Jorge, São João D’Aliança, Alto Paraíso e Colinas do Sul está desimpedido.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE