Crime

Empresário do DF vendia armas de fogo e fios de cobre roubados ou furtados

Além das armas de fogo ilegais, a polícia apreendeu R$181 mil em espécie com o dono do ferro velho que vendia fios de cobre roubados. A esposa dele e mais uma pessoa também foram presas

Júlia Eleutério
postado em 05/07/2022 10:26 / atualizado em 05/07/2022 11:45
Dono de ferro velho é preso por venda ilegal de arma e desvio de material -  (crédito: PCDF)
Dono de ferro velho é preso por venda ilegal de arma e desvio de material - (crédito: PCDF)

Um empresário de Santa Maria e a mulher dele foram presos em flagrante acusados de comprar e revender produtos roubados ou furtados e de comercializarem armas de fogo ilegalmente. Durante a Operação FV Galego, da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), os investigadores apreenderam quatro pistolas e R$ 181 mil em espécie. 

ação policial contra o empresário do ramo de ferro velho foi realizada por policiais da Divisão de Repressão a Roubos e Furtos, e da Coordenação de Repressão a Crimes Patrimoniais (Corpatri). 

Segundo a polícia, a empresa de grande porte recebia milhares de quilos de itens de cobre produtos de crime e os revendia no DF e até em outros estados, como sucata. Os itens eram transportados em caminhões não rastreáveis.

No mandado de busca e apreensão cumpridos pela polícia na casa e na empresa do dono do ferro velho, foram localizadas quatro pistolas. Todas as armas eram ilegais com o ordenamento jurídico e pertenciam ao empresário e à esposa dele, também sócia da mesma empresa. Os dois foram presos em flagrante.

Além do casal, mais uma pessoa foi presa por posse ilegal de arma de fogo e desobediência.

  • Dono de ferro velho é preso por venda ilegal de arma e desvio de material PCDF
  • Dono de ferro velho é preso por venda ilegal de arma e desvio de material PCDF
  • Dono de ferro velho é preso por venda ilegal de arma e desvio de material PCDF
  • Dono de ferro velho é preso por venda ilegal de arma e desvio de material PCDF

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE