Economia

Prazo para indicação de créditos do Nota Legal termina na quarta (31/1)

De acordo com o GDF, até agora, cerca de 190 mil contribuintes fizeram a indicação para aplicação do desconto no IPVA e/ou IPTU. Crédito também poderá ser recebido em dinheiro, a partir de junho

Contribuintes têm até quarta-feira (31/1) para fazer a indicação. -  (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
Contribuintes têm até quarta-feira (31/1) para fazer a indicação. - (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
postado em 24/01/2024 15:36

Contribuintes do Distrito Federal que pretendem indicar do crédito do Nota Legal para descontar no Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) e/ou Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), têm até a próxima quarta-feira (31).

Até o momento, de acordo com o Governo do Distrito Federal (GDF), cerca de 190 mil contribuintes acessaram o site do programa e fizeram a indicação para aplicação do desconto, gerando pouco mais de R$ 55 milhões em abatimento de impostos — aumento de, aproximadamente, 16%, se comparado ao ano passado.

Aqueles que perderem o prazo ou não quiserem realizar a indicação dos créditos para abatimentos de impostos poderão, em junho, receber os valores em dinheiro.

Programa Nota Legal

Segundo o GDF, o programa Nota Legal conta com 1,5 milhão de consumidores cadastrados e tem como objetivo exercitar a educação fiscal da população, além de incentivar e conscientizar o cidadão sobre a importância de pedir que os estabelecimentos emitam o documento fiscal.

Para esclarecer qualquer dúvida sobre o programa, o contribuinte deve entrar na página do Portal Nota Legal e acessar a aba “Dúvidas” ou abrir um atendimento virtual no Portal da Receita do DF.

Com informações da Agência Brasília

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
-->