Polêmica!

Ator da Record foi morto com um tiro na cabeça após pix de R$ 85

Edson Caldas foi atraído para um possível encontro sexual

Edson Caldas -  (crédito: Reprodução Divulgação)
Edson Caldas - (crédito: Reprodução Divulgação)
postado em 01/03/2024 13:16 / atualizado em 01/03/2024 19:19

O ator da Record, Edson Caldas Barboza, que estava desaparecido no Rio de Janeiro, foi morto por criminosos, em fevereiro deste ano. Segundo informações da Polícia Civil, investigadores da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense descobriram que o rapaz foi atraído para um possível encontro sexual. 

De acordo com as investigações, os criminosos mataram Edson Caldas com um tiro na cabeça, após ele realizar um pix de R$ 85 para a quadrilha e ter o relógio roubado. Dois suspeitos do crime foram presos nesta quinta-feira (29).

Um dos bandidos confessou à Polícia que Edson Caldas havia marcado um encontro com uma mulher em Engenheiro Pedreira. No entanto, ao chegar no local, houve uma emboscada e os criminosos acabaram surpreendendo o ator.

Além do que foi confessado, os investigadores descobriram que, depois das transferências, o ator foi amarrado, espancado e colocado na mala do seu próprio carro. Depois, foi levado para um matagal próximo ao Rio Guandu, em Seropédica, na Baixada Fluminense.

Um corpo foi localizado no local indicado pelos criminosos, mas a Polícia Civil aguarda o exame de DNA.  Contudo, eles informaram que o cadáver tem características semelhantes às de Edson Caldas e foi reconhecido como sendo dele. 

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação