Polêmica!

Vanderlei Luxemburgo é acusado de calote e caso vai parar na Justiça

O treinador está devendo mais de 5 mil reais

Vanderlei Luxemburgo -  (crédito: Reprodução Instagram)
Vanderlei Luxemburgo - (crédito: Reprodução Instagram)
postado em 01/03/2024 11:45 / atualizado em 01/03/2024 19:26

O treinador Vanderlei Luxemburgo desistiu de alugar um flat no Hotel Transamerica Perdizes, e acabou se dando mal. Ele está sendo processado por dar um calote. Isso mesmo, queridos leitores, o ex-técnico da Seleção Brasileira alugou um imóvel por seis meses, mas desistiu no segundo mês. 

Segundo informações do colunista Daniel Nascimento, do jornal O Dia, Vanderlei Luxemburgo se recusou a pagar as multas e as despesas da imobiliária. O jornalista teve acesso ao contrato, firmado em 20 de setembro de 2022, com a empresa "SÓ FLATS", corretora do ramo imobiliário.

No documento, o treinador assinou o acordo com um prazo de locação de seis meses, com aluguel mensal no valor de R$ 4 mil. No contrato, estava escrito que ele teria que pagar uma multa para rescisão antecipada, equivalente a um aluguel mais a comissão da imobiliária pelos meses faltantes, caso desistisse antes. 

O proprietário pede no processo que Vanderlei Luxemburgo faça o pagamento de R$ 4.438,05. Além desse valor, ele também deverá pagar honorários dos advogados, que equivalem a 10% do valor da execução.

Vale ressaltar que, caso o ex-treinador da Seleção Brasileira não seja localizado para notificação e não cumpra o pagamento, ele pode ter os bens penhorados para o pagamento da dívida pelo oficial de Justiça.



Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação