Famosos

Felipe Neto manda recado para Eduardo Bolsonaro sobre Superman Bissexual

'Que sexualidade frágil, hein, Bananinha', dispara youtuber

Gabriel Elias - Especial para o Uai
postado em 12/10/2021 23:23
 (crédito: Reprodução/Instagram/Divulgação)
(crédito: Reprodução/Instagram/Divulgação)

O youtuber Felipe Neto resolveu publicar uma crítica para o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). O parlamentar e filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não gostou nada da notícia de que o novo Superman é bissexual.

"Eduardo Bolsonaro preocupado que um Superman bissexual vai 'inspirar crianças'. Quer dizer que ele só não ficou com machos por que os super-heróis eram héteros?", questionou Felipe Neto. "Que sexualidade frágil, hein, Bananinha", pontuou Neto.

A novidade foi anunciada nessa segunda-feira (11/10). Com isso. Eduardo Bolsonaro criticou a decisão da DC Comics de que, na série de quadrinho, o novo Superman será bissexual.

Eduardo também usou o seu perfil do twitter para desabafar sobre a revelação de que o Superman se assumiu bissexual. O político aproveitou e lembrou que uma nova edição de quadrinho colocou Robin também falando de sexualidade.

"Chegou o dia em que é obrigatório! Para ser aprovado pelo establishment midiático é preciso pagar um pedágio, eles querem decidir por você e ditar o monopólio das virtudes", disparou o político.

O filho do presidente ainda disparou: "Vários desses super-heróis inspiram adolescentes e crianças. Mas o problema é o garoto de policial, né?". Ele fez referência à polêmica em que o chefe do Executivo apareceu com uma criança no colo segurando arma.

Num outro post, Eduardo Bolsonaro afirmou: "A intenção não é democratizar os super-heróis ou tornar o mundo mais tolerante, é o contrário: destruir a masculinidade dos mais tolerantes para dominar estes cordeiros e instigar o ódio nos resistentes para poder acusá-los de homofóbicos e depois a esquerda se dizer protetora dos gays".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE