CULTURA

Adriana Nunes e Marcello Linhos apresentam o 'Sarau Armorial' nesta sexta

No espetáculo, os irmãos integrantes da cia de comédia 'Os Melhores do Mundo' misturam modinhas e valsas caipiras com causos que resgatam a pureza do interior do Brasil

Correio Braziliense
postado em 24/03/2022 13:15 / atualizado em 24/03/2022 13:20
 (crédito: Divulgação)
(crédito: Divulgação)

Nesta sexta-feira (25/3), às 19h, no Gentil Café (410 Sul), Adriana Nunes e Marcello Linhos, irmãos e integrantes da companhia de comédia Os Melhores do Mundo, apresentam o Sarau Armorial pela primeira vez em um espaço aberto, fora dos teatros e auditórios. O couvert artístico custa R$ 20.

Com a viola de Linhos e a performance de Adriana, o espetáculo resgata a atmosfera lúdica do interior e do Brasil colonial, misturando modinhas, valsas caipiras e causos. Juntos, eles lançam um novo olhar sobre o sertão e apresentam um repertório que incluem  Viola Quebrada, de Mário de Andrade; Tristezas do Jeca, de Avelino de Oliveira; e Rosa, de Conde Affonso Celso Junior, além de músicas autorais de Marcello Linhos.

"Nós resgatamos a pureza dos tempos dos quintais, que pode ser traduzida pela singela e doce poética de algumas canções, modinhas sertanejas e valsas caipiras que embalaram amores e desamores desde a época do Brasil Colonial — uma época em que a simplicidade e a sinceridade reinavam, valores eram passados de geração em geração por meio de contos ou 'causos' em intermináveis conversas nas varandas, ou ainda por meio de canções que enalteciam o amor e o sertão”, destaca Linhos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE