Fórum Econômico Mundial

Em Davos, Guedes se encontra com ministra ucraniana

De acordo com o Ministério da Economia, Guedes reafirmou em reunião a condenação das hostilidades russas contra a Ucrânia, mas defendeu negociações pacíficas

Deborah Hana Cardoso
postado em 23/05/2022 17:12 / atualizado em 23/05/2022 17:13
 (crédito: Economia/Twitter )
(crédito: Economia/Twitter )

O ministro da Economia, Paulo Guedes, se reuniu nesta segunda-feira (23/5), no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, com a ministra de Economia da Ucrânia, Yulia Svyrydenko. De acordo com a pasta, Guedes reafirmou a condenação das hostilidades russas e o compromisso do Brasil com a retomada de negociações pacíficas entre os países em conflito.

O encontro desta tarde acontece após o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky se pronunciar em vídeo, no evento, defendendo um protocolo de prevenção às guerras. Há ainda uma preocupação entre os economistas internacionais sobre o saldo da guerra na inflação global no pós-pandemia.

Guedes destacou o papel do Brasil como parceiro internacional comprometido com os valores de desenvolvimento sustentável e pacífico — o governo brasileiro tem evitado fazer críticas diretas a Moscou devido à dependência por fertilizantes para a agricultura. Porém, na Organização das Nações Unidas (ONU), se alinhou aos EUA, condenando a guerra.

O ministro reiterou, no encontro com Svyrydenko, o compromisso do Brasil para a segurança alimentar e energética do planeta.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE