Balanço

Banco do Brasil tem lucro de R$ 9,4 bi no 4º trimestre de 2023

De acordo com o balanço, divulgado nesta quinta-feira, o montante é 4,8% superior ao reportado no mesmo intervalo de 2022

A rentabilidade medida pelo retorno sobre patrimônio líquido (ROE), alcançou 22,5% — maior patamar entre os grandes bancos varejistas -  (crédito:  Fernando Bizerra/Agência Senado)
A rentabilidade medida pelo retorno sobre patrimônio líquido (ROE), alcançou 22,5% — maior patamar entre os grandes bancos varejistas - (crédito: Fernando Bizerra/Agência Senado)
postado em 08/02/2024 20:35

O Banco do Brasil atingiu lucro líquido ajustado de R$ 9,4 bilhões no quarto trimestre de 2023. De acordo com o balanço, divulgado nesta quinta-feira (8/2), o montante é 4,8% superior ao reportado no mesmo intervalo de 2022.

Segundo o banco estatal, o “resultado foi influenciado pelo bom desempenho comercial e pelo crescimento das carteiras de crédito e da tesouraria que impactaram positivamente a margem financeira bruta, bem como pelo crescimento das receitas de prestação de serviços.”

A rentabilidade medida pelo retorno sobre patrimônio líquido (ROE), alcançou 22,5% — maior patamar entre os grandes bancos varejistas. O resultado, contudo, apresentou uma queda de 0,4 ponto percentual na comparação com igual período de 2022, e alta de 1,2 p.p. frente ao trimestre anterior.

O banco aprovou ainda dividendos de R$ 630,2 milhões e Juros Sobre Capital Próprio (JCP) de R$ 1,75 bilhão, totalizando cerca de R$ 2,38 bilhões em proventos. O BB remunerará os acionistas em oito fluxos, sendo quatro pagamentos realizados ao longo dos trimestres de referência, de forma antecipada, e outros quatro pagamentos complementares, efetivados após o encerramento dos trimestres de referência.

A taxa de inadimplência, que contabiliza atrasos acima de 90 dias, chegou a 2,9% no quarto trimestre, alta de 0,3 ponto percentual em um ano. Já na comparação com o trimestre anterior, foi registrada uma leve alta de 0,1 ponto. As provisões para devedores duvidosos, por sua vez, totalizaram R$ 9,9 bilhões no quarto trimestre, alta de 52,8% na comparação com o quarto trimestre de 2022. Em relação ao terceiro trimestre, a alta foi de 32,8%.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação