Aviação

Acordo entre Azul e Gol: entenda como funcionará o compartilhamento de voos

Previsão é de que o acordo de cooperação entre as empresas comece a partir do final de junho

O acordo das empresas permitirá a pesquisa para clientes de trechos nacionais de uma ou de outra companhia e comprar pelos canais de vendas da Azul e da Gol, encontrando uma possibilidade maior de destinos -  (crédito: Divulgação/Gol; Divulgação/Azul)
O acordo das empresas permitirá a pesquisa para clientes de trechos nacionais de uma ou de outra companhia e comprar pelos canais de vendas da Azul e da Gol, encontrando uma possibilidade maior de destinos - (crédito: Divulgação/Gol; Divulgação/Azul)

As empresas aéreas Azul e Gol anunciaram na quinta-feira (23/5) um acordo de cooperação comercial que pode conectar as malhas aéreas delas no Brasil por meio de um 'codeshare' e compartilhamento de voos, previsto para começar no final de junho de 2024.

A parceria entre as empresas incluirá rotas domésticas exclusivas, ou seja, operadas por uma das duas empresas e não a outra, além de ter programas de fidelidade para clientes do Azul Fidelidade e do Smiles, com acumulo de pontos ou milhas no programa de sua escolha ao comprar os trechos inclusos no 'codeshare'.

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), 'codeshare' é um acordo de operação comercial entre duas ou mais companhias aéreas que consiste em transloucar o código de identificação de voo de uma companhia aérea em voos operados por outra companhia aérea. 

Assim, o acordo das empresas permitirá a pesquisa para clientes de trechos nacionais de uma ou de outra companhia e comprar pelos canais de vendas da Azul e da Gol, encontrando uma possibilidade maior de destinos. As rotas operadas por ambas as companhias não estarão inclusas no 'codeshare'.

"Esse acordo vai trazer enormes benefícios para os nossos clientes. Ambas as companhias têm uma história de desenvolvimento da aviação no Brasil, focadas na excelência no atendimento ao cliente. Com a malha altamente conectada da Azul servindo a maioria das cidades no Brasil e a forte presença da GOL nos principais mercados brasileiros, nossas ofertas complementares vão oferecer aos clientes a mais ampla gama de opções de viagem", disse Abhi Shah, presidente da Azul.

Algumas das rotas anunciadas são Brasília para Tabatinga, com uma curta parada em Manaus; ou partir do Rio de Janeiro e chegar a Marabá com uma parada em Belém.

"A Gol e a Azul sempre estiveram comprometidas em expandir o mercado de aviação brasileiro. Este acordo de 'codeshare' vai proporcionar aos Clientes acesso a ainda mais opções para viajar pelo nosso país. A Gol já oferece mais de 60 acordos comerciais diferentes com muitas companhias aéreas parceiras globais e estamos ansiosos para expandir esse benefício dentro do Brasil também", disse Celso Ferrer, CEO da Gol.

A Azul e Gol possuem cerca de 1.500 decolagens diárias mas, com o acordo, outras 2.700 oportunidades de viagens com apenas uma conexão serão criadas.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

postado em 24/05/2024 20:35
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação