JUSTIÇA

Daniel Alves: pai de Neymar paga fiança, mas jogador só deve sair amanhã

De acordo com o jornal espanhol, o brasileiro Daniel Alves só será liberado do presídio nesta quinta-feira (21/3)

Daniel Alves recorre ao pai de Neymar para pagar fiança, diz jornal espanhol  -  (crédito: Reprodução Divulgação)
Daniel Alves recorre ao pai de Neymar para pagar fiança, diz jornal espanhol - (crédito: Reprodução Divulgação)
postado em 20/03/2024 13:16

Daniel Alves vai recorrer ao pai de Neymar para pagar a fiança de 1 milhão de euros (R$ 5,4 milhões) para ser libertado da prisão, de acordo com informações do jornal espanhol La Vanguardia. Na manhã desta quarta-feira (20/3), o Tribunal de Barcelona concedeu liberdade provisória para o brasileiro.

O jogador foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão por agressão sexual contra uma mulher no banheiro de uma boate em Barcelona, ocorrido em dezembro de 2022.

A família de Neymar já havia ajudado Daniel Alves com o pagamento da indenização à vítima do caso. O valor pago é de 150 mil euros (equivalente a R$ 900 mil reais) reduzindo a pena.

Ainda conforme o jornal espanhol, a justiça da Espanha decretou a liberação do jogador após o pagamento. Daniel Alves, no entanto, não poderá deixar a prisão nesta quarta-feira, pois o prazo estabelecido pelo tribunal para o depósito da fiança expirava às 14h30 (10h30 no horário de Brasília) e os advogados do jogador não conseguiram chegar a tempo. Por isso, o brasileiro só deve deixar o presídio nesta quinta-feira (21/3).

Daniel deverá ficar sem os passaportes, espanhol e brasileiro. Além disso, está proibido de sair da Espanha e deve marcar presença semanalmente ao tribunal. Se sair da prisão, Daniel Alves é obrigado a manter distância da vítima, ficando a um quilômetro de distância da casa do trabalho ou qualquer lugar frequentado por ela, inclusive não deve ter contato de comunicação também.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação