Futebol feminino

Real Brasília tem mais uma chance de acabar com jejum no Brasileiro

Após duas partidas disputadas, o time brasiliense tem um ponto e está na 12ª colocação na tabela. Jogo contra o Avaí/Kindermann será na tarde deste sábado (23/3), no Estádio Defelê

A equipe candanga tem um empate e uma derrota no campeonato. -  (crédito: Juliocsphoto)
A equipe candanga tem um empate e uma derrota no campeonato. - (crédito: Juliocsphoto)
postado em 22/03/2024 23:39

Após viver um início de semana turbulento com derrota para a Ferroviária e a denúncia de assédio de uma profissional do time paulista contra membros do staff, o Real Brasília entra em campo contra o Avaí/Kindermann, hoje, às 15h, no Estádio Defelê, de olho na recuperação esportiva. Na terceira rodada da Série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino, as Leoas do Planalto ainda buscam a primeira vitória do ano. Contudo, a situação das adversárias é a mesma, empataram um e perderam o outro jogo, mas, devido à derrota por 4 x 0, estão na 14ª posição na tabela, duas abaixo das aurianis.

Na última rodada da competição nacional, as Leoas do Planalto perderam da Ferroviária por 2 x 0, mas a partida acabou sendo ofuscada por uma denúncia de assédio sexual. A fisioterapeuta da equipe de Araraquara (SP), Ariane Falavinia, acusa auxiliares da equipe brasiliense de proferirem palavras inapropriadas a respeito do seu corpo. Na súmula da partida, foi relatado os profissionais terem a chamado de “gostosa”. O Real Brasília negou as acusações e afirmou que a descrição feita por Ariane continha informações falsas. A Cconfederação Brasileira de Futebol (CBF) encaminhou o caso para apreciação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

A equipe candanga somou apenas um ponto no torneio nacional até o momento, com o empate por 1 x 1 na estreia contra o Santos, e está a uma colocação da zona de rebaixamento, em 12º lugar. O jejum, no entanto, vai além do Brasileirão. Em 2024, até o momento, o time não conquistou nenhuma vitória. No começo do ano, as Leoas do Planalto participaram da Supercopa Feminina do Brasil e caíram na primeira fase, com a derrota para o Cruzeiro. Hoje, a equipe tem o mando de campo como possível vantagem de encerrar a sequência negativa, além da ciência de que perder em casa complica a vida na largada da competição nacional.

Ficha técnica

Real Brasília x Avaí/ Kindermann

Série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino

Data e horário: Sábado, 23 de março. 15h

Local: Estádio Defelê, Brasília

Arbitragem: Daniele Bulhosa do Nascimento (AP), auxiliada por Lucas Torquato Guerra (DF) e Lucas Costa Modesto (DF). O quarto árbitro é Pedro Alves de Oliveira (DF).

Real Brasília: Dida; Maria Dias, Petra Cabrera, Luciana, Viviana Acosta; Huertas, Lorena Bedoya, Lady Andrade; Keké, Pitty e Ju Oliveira. Técnico: Dedê Ramos.

Avaí/ Kindermann: Maike; Raquelzinha, Simeia, Thayanne, Júlia Cipriani; Kamila, Barbara Timbó, Dani Venturini; Cami Lopez, Brenda e Ramona. Técnica: Carine Bosetti

* Estagiária sob a supervisão de Marcos Paulo Lima

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação