TURISMO

Viagem de Zuckerberg pela Ásia inclui espadas, tecnologia e casamento indiano

Zuckerberg postou imagens de "uma tarde especial aprendendo a fazer katanas" com um mestre espadachim no Japão

Marck Zuckerberg, viaja pela Ásia com uma programação que inclui fabricação de espadas e dispositivos de realidade virtual -  (crédito: Reprodução/Instagram/@zuck)
Marck Zuckerberg, viaja pela Ásia com uma programação que inclui fabricação de espadas e dispositivos de realidade virtual - (crédito: Reprodução/Instagram/@zuck)
postado em 26/02/2024 11:14 / atualizado em 26/02/2024 11:14

O CEO da Meta, Marck Zuckerberg, viaja pela Ásia com uma programação que inclui fabricação de espadas, dispositivos de realidade virtual e de celebrações que antecedem o casamento do filho de um bilionário indiano. 

No domingo (25/2), Zuckerberg postou imagens de "uma tarde especial aprendendo a fazer katanas" com um mestre espadachim no Japão.  

O empresário de 39 anos também aproveitou para esquiar com a família antes de reunir-se com funcionários do Facebook em Tóquio nesta segunda e terça-feira, segundo a Bloomberg News

Em seguida, dele ele viajar à Coreia do Sul, onde espera reunir-se com o presidente Yoon Suk Yeol e representantes das gigantes tecnológicas Samsung e LG, segundo a imprensa sul-coreana.

Ambas estão entre as poucas empresas do mundo que fabricam circuitos de memória de última geração para processadores de inteligência artificial.

Zuckerberg deve negociar com a LG Electronics o desenvolvimento de dispositivos de realidade mista para competir com o Vision Pro da Apple, informou o Korea Economic Daily.

Na Índia, de 1º a 3 de março, participará de celebrações prévias ao casamento do filho de Mukesh Ambani, presidente da Reliance Industries, segundo a Bloomberg.

Meta, Google, entre outros, investiram bilhões de dólares na unidade digital Jio Platforms, da Reliance, que busca competir com Amazon e Walmart no mercado indiano de comércio eletrônico.

Ambani, de 66 anos, é a 10ª pessoa mais rica do mundo, segundo a lista de bilionários da Forbes, enquanto Zuckerberg é o quarto no ranking.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br