BASÍLICA

Após protestos, Bolsonaro visita Basílica de Santo Antônio de Pádua

Horas antes, a polícia italiana usou jatos d'água para dispersar as pessoas. Em vídeos divulgados nas redes sociais, os policiais aparecem também utilizando cacetetes e bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes.

Ingrid Soares
postado em 01/11/2021 17:48 / atualizado em 01/11/2021 18:19
 (crédito: Reprodução / Facebook)
(crédito: Reprodução / Facebook)

O presidente Jair Bolsonaro visitou nesta segunda-feira (1º/11) a Basílica de Santo Antônio de Pádua, na Itália. Na imagem, publicada pelo chefe do Executivo nas redes sociais, ele aparece com a mão encostada na parede da sepultura do santo em uma menção de oração.


Algumas horas antes do passeio, manifestantes foram às ruas próximas da Basílica em protesto contra o presidente. A polícia italiana usou jatos d'água para dispersar as pessoas. Em vídeos divulgados nas redes sociais, os policiais aparecem também utilizando cassetetes e bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes.

A ação policial ocorreu antes da chegada do presidente brasileiro a Pádua. Bolsonaro foi ao local depois de visitar a província de Anguillara Vêneta, onde seu bisavô paterno nasceu e que também fica no norte do país.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE